Ana Carolina Garcia. Foto: SRZD

Ana Carolina Garcia

Jornalista formada pela Universidade Estácio de Sá, onde também concluiu sua pós-graduação em Jornalismo Cultural. Em 2011, lançou seu primeiro livro, "A Fantástica Fábrica de Filmes - Como Hollywood se Tornou a Capital Mundial do Cinema", da Editora Senac Rio.

WGA Awards 2020: confira os indicados

Dirigido por Sam Mendes, “1917” está em cartaz nos cinemas brasileiros (Foto: Divulgação).

Na última segunda-feira, dia 06, o Sindicato dos Roteiristas (Writers Guild of America – WGA) anunciou a lista de indicados ao WGA Awards 2020 nas categorias destinadas ao cinema.

 

Os concorrentes ao WGA de melhor roteiro original são: Sam Mendes e Krysty Wilson-Cairns por “1917” (Idem – 2019); Emily Halpern, Sarah Haskins, Susanna Fogel e Katie Silberman por “Fora de Série” (Booksmart – 2019); Rian Johnson por “Entre Facas e Segredos” (Knives Out – 2019); Noah Baumbach por “História de um Casamento” (Marriage Story – 2019); e Bong Joon-ho e Han Jin Won por “Parasita” (Gisaengchung – 2019, Coreia do Sul).

 

Os indicados da categoria de melhor roteiro adaptado são: Micah Fitzerman-Blue e Noah Harpster por “Um Lindo Dia na Vizinhança” (A Beautiful Day in Neighborhood – 2019); Steven Zaillian por “O Irlandês” (The Irishman – 2019); Taika Waititi por “Jojo Rabbit” (Idem – 2019); Todd Phillips e Scott Silver por “Coringa” (Joker – 2019); e Greta Gerwig por “Adoráveis Mulheres” (Little Women).

 

Concorrem à categoria de melhor roteiro de documentário: Alex Gibney por “Cidadão K” (Citizen K – 2019); Mark Jonathan Harris por “Foster” (Idem – 2019); Alex Gibney por “A Inventora: À Procura de Sangue no Vale do Silício” (The Inventor: Out for Blood in Silicon Valley – 2019); Robert Seidman e Oren Rudavsky por “Joseph Pulitzer: Voice of the People” (Idem – 2019); e Lauren Greenfield por “The Kingmaker” (Idem – 2019).

 

A lista do WGA Awards chama a atenção por fugir um pouco da tendência da atual temporada de premiações americana, que tem a Netflix como um de seus destaques pela quantidade de filmes e indicações. O Sindicato selecionou apenas duas produções originais da gigante do streaming, “História de um Casamento” e “O Irlandês”, que esperava um resultado melhor, inclusive para “Dois Papas” (The Two Popes – 2019), roteirizado por Anthony McCarten e dirigido pelo brasileiro Fernando Meirelles.

 

“Era Uma Vez em… Hollywood” é dirigido e roteirizado por Quentin Tarantino (Foto: Divulgação).

 

Outra ausência que chamou a atenção foi a de Quentin Tarantino, que venceu o Globo de Ouro de melhor roteiro por “Era Uma Vez em… Hollywood” (Once Upon a Time… in Hollywood – 2019) no último domingo, dia 05. Tarantino não pôde concorrer porque não é membro do Sindicato, que tem regras rígidas de elegibilidade, dentre elas, a de excluir filmes que não foram produzidos sob a sua jurisdição.

 

O WGA Awards é um dos maiores termômetros do Oscar, nas categorias de roteiro original e adaptado, porque parte dos membros do Sindicato também integra a Academia de Artes e Ciências Cinematográficas de Hollywood (Academy of Motion Picture Arts and Sciences – AMPAS) com direito a voto.

 

Os vencedores do 72a WGA Awards serão anunciados no dia 1o de fevereiro em cerimônias realizadas simultaneamente em Los Angeles e Nova York.

 

Clique aqui para conferir a lista completa dos indicados nas categorias de televisão e rádio.

 

Leia também:

Globo de Ouro 2020: ‘1917’ e ‘Era Uma Vez em… Hollywood’ são os grandes vencedores

Oscar 2020: ‘A Vida Invisível’ está fora da disputa de melhor filme internacional

SAG Awards 2020: ‘Era Uma Vez em… Hollywood’ e ‘O Irlandês’ são líderes de indicações

Globo de Ouro 2020: ‘Era Uma Vez em… Hollywood’, ‘O Irlandês’ e ‘História de um Casamento’ lideram a disputa

Critics’ Choice Awards 2020: ‘O Irlandês’ lidera com 14 indicações

Gotham Awards 2019: ‘História de um Casamento’ vence em quatro categorias

Independent Spirit Awards 2020: ‘A Vida Invisível’ é indicado ao prêmio de melhor filme internacional

Globo de Ouro 2020: Ellen DeGeneres é homenageada com o Carol Burnett Award

Comentários

 




    gl