Ana Carolina Garcia. Foto: SRZD

Ana Carolina Garcia

Jornalista formada pela Universidade Estácio de Sá, onde também concluiu sua pós-graduação em Jornalismo Cultural. Em 2011, lançou seu primeiro livro, "A Fantástica Fábrica de Filmes - Como Hollywood se Tornou a Capital Mundial do Cinema", da Editora Senac Rio.

Critics’ Choice Awards 2020: ‘O Irlandês’ lidera com 14 indicações

Dirigido por Martin Scorsese, “O Irlandês” já está disponível na Netflix (Foto: Divulgação).

A Broadcast Film Critics Association (BFCA) e a Broadcast Television Journalists Association (BTJA) anunciaram neste domingo, dia 08, os indicados ao Critics’ Choice Awards 2019. E o líder de indicações da 25a edição do prêmio é “O Irlandês” (The Irishman – 2019), que disputa 14 categorias, entre elas, as de melhor filme, elenco e direção para Martin Scorsese.

 

Produção original Netflix, “O Irlandês” é seguido de perto por “Era Uma Vez em… Hollywood” (Once Upon a Time… in Hollywood), que concorre a 12 prêmios, incluindo os de melhor filme, elenco e direção para Quentin Tarantino.

 

Os outros destaques do Critics’ Choice Awards 2020 são: “Adoráveis Mulheres” (Little Women – 201), com nove indicações; “História de um Casamento” (Marriage Story – 2019), com oito; “Jojo Rabbit” (Idem – 2019) e o sul-coreano “Parasita” (Gisaengchung – 2019), que disputam sete categorias, cada.

 

O Critics’ Choice Awards é um dos principais termômetros da aguardada lista da Academia de Artes e Ciências Cinematográficas de Hollywood (Academy of Motion Picture Arts and Sciences – AMPAS), ou seja, do Oscar.

 

Apresentada por Taye Diggs, a cerimônia de entrega do Critics’ Choice Awards será realizada no dia 12 de janeiro no Barker Hangar, em Santa Monica, Los Angeles.

 

Confira a lista completa de indicados:

 

CINEMA:

Melhor filme:

– “1917” (Idem – 2019), de Sam Mendes;

– “Ford vs. Ferrari” (Ford v Ferrari – 2019);

– “O Irlandês”;

– “Jojo Rabbit”;

– “Coringa” (Joker – 2019);

– “Adoráveis Mulheres”;

– “História de um Casamento”;

– “Era Uma Vez em… Hollywood”;

– “Parasita”;

– “Uncut Gems” (Idem – 2019).

Melhor ator:

– Antonio Banderas – “Dor e Glória” (Dolor y gloria – 2019);

– Robert De Niro – “O Irlandês”;

– Leonardo DiCaprio – “Era Uma Vez em… Hollywood”;

– Adam Driver – “História de um Casamento”;

– Eddie Murphy – “Meu Nome é Dolemite” (Dolemite Is My Name – 2019);

– Joaquin Phoenix – “Coringa”;

– Adam Sandler – “Uncut Gems”.

Melhor atriz:

– Awkwafina – “The Farewell” (Idem – 2019);

– Cynthia Erivo – “Harriet” (Idem – 2019);

– Scarlett Johansson – “História de um Casamento”;

– Lupita Nyong’o – “Nós” (Us – 2019);

– Saoirse Ronan – “Adoráveis Mulheres”;

– Charlize Theron – “O Escândalo” (Bombshell – 2019);

– Renée Zellweger – “Judy” (Idem – 2019).

Melhor ator coadjuvante:

– Willem Dafoe – “O Farol” (The Lighthouse – 2019);

– Tom Hanks – “Um Lindo Dia na Vizinhança” (A Beautiful Day in the Neighborhood – 2019);

– Anthony Hopkins – “Dois Papas” (The Two Popes – 2019);

– Al Pacino – “O Irlandês”;

– Joe Pesci – “O Irlandês”;

– Brad Pitt – “Era Uma Vez em… Hollywood”.

Melhor atriz coadjuvante:

– Laura Dern – “História de um Casamento”;

– Scarlett Johansson – “Jojo Rabbit”;

– Jennifer Lopez – “As Golpistas” (Hustlers – 2019);

– Florence Pugh – “Adoráveis Mulheres”;

– Margot Robbie – “O Escândalo”;

– Zhao Shuzhen  – “The Farewell”.

Melhor ator/atriz jovem:

– Julia Butters – “Era Uma Vez em… Hollywood”;

– Roman Griffin Davis – “Jojo Rabbit”;

– Noah Jupe – “Honey Boy” (Idem – 2019);

– Thomasin McKenzie – “Jojo Rabbit”;

– Shahadi Wright Joseph – “Nós”;

– Archie Yates – “Jojo Rabbit”.

Melhor elenco:

– “O Escândalo”;

– “O Irlandês”;

– “Entre Facas e Segredos” (Knives Out – 2019);

– “Adoráveis Mulheres”;

– “História de um Casamento”;

– “Era Uma Vez em… Hollywood”;

– “Parasita”.

Melhor direção:

– Noah Baumbach – “História de um Casamento”;

– Greta Gerwig – “Adoráveis Mulheres”;

– Bong Joon Ho – “Parasita”;

– Sam Mendes – “1917”;

– Josh Safdie e Benny Safdie – “Uncut Gems”;

– Martin Scorsese – “The Irishman”;

– Quentin Tarantino – “Era Uma Vez em… Hollywood”.

Melhor roteiro original:

– Noah Baumbach – “História de um Casamento”;

– Rian Johnson – “Entre Facas e Segredos”;

– Bong Joon Ho e Han Jin Won – “Parasita”;

– Quentin Tarantino – “Era Uma Vez em… Hollywood”;

– Lulu Wang – “The Farewell”.

Melhor roteiro adaptado:

– Greta Gerwig – “Adoráveis Mulheres”;

– Noah Harpster e Micah Fitzerman-Blue – “Um Lindo Dia na Vizinhança”;

– Anthony McCarten – “Dois Papas”;

– Todd Phillips & Scott Silver – “Coringa”;

– Taika Waititi – “Jojo Rabbit”;

– Steven Zaillian  – “O Irlandês”.

Melhor fotografia:

– Jarin Blaschke – “O Farol”;

– Roger Deakins – “1917”;

– Phedon Papamichael   – “Ford vs. Ferrari”;

– Rodrigo Prieto – “O Irlandês”;

– Robert Richardson – “Era Uma Vez em… Hollywood”;

– Lawrence Sher – “Coringa”.

Melhor design de produção:

– Mark Friedberg e Kris Moran – “Coringa”;

– Dennis Gassner e Lee Sandales  – “1917”;

– Jess Gonchor e Claire Kaufman – “Adoráveis Mulheres”;

– Lee Ha Jun – “Parasita”;

– Barbara Ling e Nancy Haigh – “Era Uma Vez em… Hollywood”;

– Bob Shaw e Regina Graves – “O Irlandês”;

– Donal Woods e Gina Cromwell – “Downton Abbey” (Idem – 2019).

Melhor edição:

– Ronald Bronstein e Benny Safdie – “Uncut Gems”;

– Andrew Buckland e Michael McCusker – “Ford vs. Ferrari”;

– Yang Jinmo  – “Parasita”;

– Fred Raskin – “Era Uma Vez em… Hollywood”;

– Thelma Schoonmaker – “O Irlandês”;

– Lee Smith – “1917”.

Melhor figurino:

– Ruth E. Carter – “Meu Nome é Dolemite”;

– Julian Day – “Rocketman” (Idem – 2019);

– Jacqueline Durran – “Adoráveis Mulheres”;

– Arianne Phillips – “Era Uma Vez em… Hollywood”;

– Sandy Powell e Christopher Peterson – “O Irlandês”;

– Anna Robbins – “Downton Abbey”.

Melhor maquiagem e penteado:

– “O Escândalo”;

– “Meu Nome é Dolemite”;

– “O Irlandês”;

– “Coringa”;

– “Judy”;

– “Era Uma Vez em… Hollywood”;

– “Rocketman”.

Melhores efeitos visuais:

– “1917”;

– “Ad Astra: Rumo às Estrelas” (Ad Astra – 2019);

– “The Aeronauts” (Idem – 2019);

– “Vingadores: Ultimato” (Avengers: Endgame” – 2019);

– “Ford vs. Ferrari”;

– “O Irlandês”;

– “O Rei Leão” (The Lion King – 2019).

Melhor animação:

– “Abominável” (Abominable – 2019);

– “Frozen 2” (Frozen II – 2019);

– “Como Treinar o Seu Dragão 3” (How to Train Your Dragon: The Hidden World – 2019);

– “I Lost My Body” (Idem – 2019);

– “Missing Link” (Idem – 2019);

– “Toy Story 4” (Idem – 2019).

Melhor filme de ação:

– “1917”;

– “Vingadores: Ultimato”;

– “Ford vs. Ferrari”;

– “John Wick 3: Parabellum” (John Wick: Chapter 3 – Parabellum – 2019);

– “Homem-Aranha: Longe de Casa” (Spider-Man: Far From Home – 2019).

Melhor filme de terror ou ficção-científica:

– “Ad Astra: Rumo às Estrelas”;

– “Vingadores: Ultimato”;

– “Midsommar: O Mal Não Pode Esperar” (Midsommar – 2019);

– “Nós”.

Melhor comédia:

– “Fora de Série” (Booksmart – 2019);

– “Meu Nome é Dolemite”;

– “The Farewell”;

– “Jojo Rabbit”;

– “Entre Facas e Segredos”.

Melhor filme estrangeiro:

– “Atlantics” (Atlantique – 2019, França, Senegal e Bélgica);

– “Os Miseráveis” (Les Misérables – 2019, França);

– “Dor e Glória” (Dolor y gloria – 2019, Espanha e França);

– “Parasita” (Gisaengchung – 2019, Coreia do Sul);

– “Retrato de Uma Jovem em Chamas” (Portrait de la jeune fille en feu – 2019, França).

Melhor trilha sonora:

– Michael Abels – “Nós”;

– Alexandre Desplat   – “Adoráveis Mulheres”;

– Hildur Guðnadóttir – “Coringa”;

– Randy Newman – “História de um Casamento”;

– Thomas Newman  – “1917”;

– Robbie Robertson – “O Irlandês”.

Melhor canção:

– “Glasgow (No Place Like Home)” – “As Loucuras de Rose” (Wild Rose – 2019);

– “(I’m Gonna) Love Me Again” – “Rocketman”;

– “I’m Standing With You” – “Superação: O Milagre da Fé” (Breakthrough – 2019);

– “Into the Unknown” – “Frozen 2”;

– “Speechless” – “Aladdin”;

– “Spirit” – “O Rei Leão”;

– “Stand Up” – “Harriet”.

 

TELEVISÃO:

Melhor série de animação:

– “Big Mouth” (Idem – desde 2017);

– “BoJack Horseman” (Idem – desde 2014);

– “O Cristal Encantado: A Era da Resistência” (The Dark Crystal: Age of Resistance – desde 2017);

– “She-Ra e as Princesas do Poder” (She-Ra and the Princesses of Power – desde 2018);

– “Os Simpsons” (The Simpsons – desde 1989)

– “Undone” (Idem – desde 2019).

Melhor série de drama:

– “Pose” (Idem – desde 2018);

– “The Crown” (Idem – desde 2016);

– “David Makes Man” (Idem – desde 2019);

– “Game of Thrones” (Idem – 2011 – 2019);

– “The Good Fight” (Idem – desde 2017);

– “Succession” (Idem – desde 2018);

– “This Is Us” (Idem – desde 2016);

– “Watchmen” (Idem – 2019).

Melhor ator em série de drama:

– Sterling K. Brown – “This Is Us”;

– Mike Colter – “Evil” (Idem – desde 2019);

– Paul Giamatti – “Billions” (Idem – desde 2016);

– Kit Harington – “Game of Thrones”;

– Freddie Highmore – “The Good Doctor” (Idem – desde 2017);

– Tobias Menzies – “The Crown”;

– Billy Porter – “Pose”;

– Jeremy Strong – “Succession”.

Melhor atriz em série de drama:

– Christine Baranski – “The Good Fight”;

– Olivia Colman – “The Crown”;

– Jodie Comer – “Killing Eve” (Idem – desde 2018);

– Nicole Kidman – “Big Little Lies” (Idem – desde 2017);

– Regina King – “Watchmen”;

– Mj Rodriguez – “Pose”;

– Sarah Snook – “Succession”;

– Zendaya – “Euphoria” (Idem – desde 2019).

Melhor ator coadjuvante em série de drama:

– Asante Blackk – “This Is Us”;

– Billy Crudup – “The Morning Show” (Idem – desde 2019);

– Asia Kate Dillon – “Billions”;

– Peter Dinklage – “Game of Thrones”;

– Justin Hartley – “This Is Us”;

– Delroy Lindo – “The Good Fight”;

– Tim Blake Nelson – “Watchmen”.

Melhor atriz coadjuvante em série de drama:

– Helena Bonham Carter – “The Crown”;

– Gwendoline Christie – “Game of Thrones”;

– Laura Dern – “Big Little Lies”;

– Audra McDonald – “The Good Fight”;

– Jean Smart – “Watchmen”;

– Meryl Streep – “Big Little Lies”;

– Susan Kelechi Watson – “This Is Us”.

Melhor série de comédia:

– “Barry” (Idem – desde 2018);

– “Fleabag” (Idem – 2016 – 2019);

– “The Marvelous Mrs. Maisel” (Idem – desde 2017);

– “Mom” (Idem – desde 2013);

– “One Day at a Time” (Idem – desde 2017);

– “Pen15” (Idem – desde 2019);

– “Schitt’s Creek” (Idem – desde 2015).

Melhor ator em série de comédia:

– Ted Danson – “The Good Place”;

– Walton Goggins – “The Unicorn” (Idem – desde 2019);

– Bill Hader – “Barry” (Idem – desde 2018);

– Eugene Levy – “Schitt’s Creek”;

– Paul Rudd – “Cara x Cara” (Living with Yourself – desde 2019);

– Bashir Salahuddin – “Sherman’s Showcase” (Idem – desde 2019);

– Ramy Youssef – “Ramy” (Idem – desde 2019).

Melhor atriz em série de comédia:

– Christina Applegate – “Disque Amiga Para Matar” (Dead to Me – desde 2019);

– Alison Brie – “GLOW” (Idem – desde 2017);

– Rachel Brosnahan – “The Marvelous Mrs. Maisel”;

– Kirsten Dunst – “On Becoming a God in Central Florida” (Idem – desde 2019);

– Julia Louis-Dreyfus – “Veep” (Idem – 2012 – 2019);

– Catherine O’Hara – “Schitt’s Creek”;

– Phoebe Waller-Bridge – “Fleabag”.

Melhor ator coadjuvante em série de comédia:

– Andre Braugher – “Brooklyn Nine-Nine” (Idem – desde 2013);

– Anthony Carrigan – “Barry”;

– William Jackson Harper – “The Good Place”;

– Daniel Levy – “Schitt’s Creek”;

– Nico Santos – “Superstore” (Idem – desde 2015);

– Andrew Scott – “Fleabag”;

– Henry Winkler – “Barry”.

Melhor atriz coadjuvante em série de comédia:

– Alex Borstein – “The Marvelous Mrs. Maisel”;

– D’Arcy Carden – “The Good Place”;

– Sian Clifford – “Fleabag”;

– Betty Gilpin – “GLOW”;

– Rita Moreno – “One Day at a Time”;

– Annie Murphy – “Schitt’s Creek”;

– Molly Shannon – “The Other Two” (Idem – desde 2019).

Melhor telefilme:

– “Brexit” (Idem – 2019);

– “Deadwood: The Movie” (Idem – 2019);

– “El Camino: A Breaking Bad Movie” (Idem – 2019);

– “Guava Island” (Idem – 2019);

– “Native Son” (Idem – 2019);

– “Patsy & Loretta” (Idem – 2019).

Melhor minissérie:

– “Catch-22” (Idem – 2019);

– “Chernobyl” (Idem – 2019);

– “Fosse/Verdon” (Idem – 2019);

– “The Loudest Voice” (Idem – 2019);

– “Unbelievable” (Idem – 2019);

– “Olhos que Condenam” (When They See Us – 2019);

– “Years and Years” (Idem – 2019).

Melhor ator em telefilme ou minissérie:

– Christopher Abbott – “Catch-22”;

Mahershala Ali – “True Detective”;

Russell Crowe – “The Loudest Voice” (Idem – 2019);

Jared Harris – “Chernobyl”;

Jharrel Jerome – “Olhos que Condenam”;

Sam Rockwell – “Fosse/Verdon”;

Noah Wyle – “The Red Line” (Idem – 2019).

Melhor atriz em telefilme ou minissérie:

– Kaitlyn Dever – “Unbelievable”;

– Anne Hathaway – “Modern Love” (Idem – 2019);

– Megan Hilty – “Patsy & Loretta”;

– Joey King – “The Act”;

– Jessie Mueller – “Patsy & Loretta”;

– Merritt Wever – “Unbelievable”;

– Michelle Williams – “Fosse/Verdon”.

Melhor ator coadjuvante em telefilme ou minissérie:

– Asante Blackk – “Olhos que Condenam”;

George Clooney – “Catch-22”;

John Leguizamo – “Olhos que Condenam”;

Dev Patel – “Modern Love”;

Jesse Plemons – “El Camino: A Breaking Bad Movie” (Idem – 2019);

Stellan Skarsgård – “Chernobyl”;

Russell Tovey – “Years and Years”.

Melhor atriz coadjuvante em telefilme ou minissérie:

– Patricia Arquette – “The Act”;

– Marsha Stephanie Blake – “Olhos que Condenam”;

– Toni Collette – “Unbelievable”;

– Niecy Nash – “Olhos que Condenam”;

– Margaret Qualley – “Fosse/Verdon”;

– Emma Thompson – “Years and Years”;

– Emily Watson – “Chernobyl”.

Melhor talk-show:

– “Desus & Mero” (Idem – desde 2019);

– “Full Frontal with Samantha Bee” (Idem – desde 2016);

– “The Kelly Clarkson Show” (Idem – desde 2019);

– “Last Week Tonight with John Oliver” (Idem – desde 2014);

– “The Late Late Show with James Corden” (Idem – desde 2015);

– “Late Night with Seth Meyers” (Idem – desde 2014).

Melhor especial de comédia:

– “Amy Schumer: Growing” (Idem – 2019);

– “Jenny Slate: Stage Fright” (Idem – 2019);

– “Live in Front of a Studio Audience: Norman Lear’s ‘All in the Family’ and ‘The Jeffersons’” (Idem – 2019);

– “Ramy Youssef: Feelings” (Idem – 2019);

– “Seth Meyers: Lobby Baby” (Idem – 2019);

– “Trevor Noah: Son of Patricia” (Idem – 2019);

– “Wanda Sykes: Not Normal” (Idem – 2019).

 

Leia também:

Gotham Awards 2019: ‘História de um Casamento’ vence em quatro categorias

Independent Spirit Awards 2020: ‘A Vida Invisível’ é indicado ao prêmio de melhor filme internacional

Globo de Ouro 2020: Ellen DeGeneres é homenageada com o Carol Burnett Award

Comentários




    gl