Ana Carolina Garcia. Foto: SRZD

Ana Carolina Garcia

Jornalista formada pela Universidade Estácio de Sá, onde também concluiu sua pós-graduação em Jornalismo Cultural. Em 2011, lançou seu primeiro livro, "A Fantástica Fábrica de Filmes - Como Hollywood se Tornou a Capital Mundial do Cinema", da Editora Senac Rio.

‘Vingadores: Ultimato’: abertura ultrapassa US$ 1,2 bilhão

“Vingadores: Ultimato” é a maior bilheteria da História do cinema (Foto: Divulgação).

Filme mais aguardado de 2019, “Vingadores: Ultimato” (Avengers: Endgame – 2019), dos irmãos Anthony e Joe Russo, estreou deixando sua marca na História do cinema como a maior abertura de todos os tempos com US$ 1,209 bilhão em todo o mundo, sendo US$ 350 milhões somente no mercado americano, segundo o Box Office Mojo.

 

O resultado do final de semana de estreia superou até mesmo a expectativa da Disney / Marvel, pois seus executivos estimavam uma arrecadação em torno de US$ 800 milhões em todo o mundo, valor superior ao de “Vingadores: Guerra Infinita” (Avengers: Infinity War – 2018), que abriu com US$ 640,5 milhões, sendo US$ 257,6 nos Estados Unidos. Ao todo, o longa, que também é dirigido pelos irmãos Russo, faturou US$ 2,04 bilhões em 20 semanas em cartaz.

 

No Brasil, “Vingadores: Ultimato” levou cerca de 1,5 milhão de pessoas às salas de exibição somente no dia da estreia e já ultrapassou a marca de US$ 12,5 milhões (R$ 49,1 milhões pela cotação da manhã desta segunda-feira, dia 29). No entanto, o segundo maior mercado deste filme é o chinês. De acordo com o Box Office Mojo, o filme arrecadou US$ 217,4 milhões na China em sua abertura. Muito atrás, estão Reino Unido (US$ 27 milhões), Coréia do Sul (US$ 23 milhões) e Austrália (US$ 19,7 milhões).

 

“Vingadores: Ultimato” mostra as consequências do estalar de dedos de Thanos (Josh Brolin) ao final de “Vingadores: Guerra Infinita”, e encerra a Fase 3 do Universo Cinematográfico da Marvel (UCM). No entanto, não significa o final do grupo nos cinemas, pois os Vingadores devem voltar reorganizados após os eventos de “Ultimato”, que implicaram numa nova dinâmica para o UCM. De acordo com Kevin Feige, presidente da Marvel Studios, a Fase 4 já está em desenvolvimento. E entre seus filmes, o aguardado “Guardiões da Galáxia Vol. 3” (Guardians of the Galaxy Vol. 3), dirigido por James Gunn e previsto para 2022.

 

Leia também:

Crítica – ‘Vingadores: Ultimato’: o novo acerto da Disney / Marvel

O fenômeno ‘Vingadores’

‘Vingadores: Ultimato’ ultrapassa ‘Guerra Infinita’ antes mesmo da estreia

‘Vingadores: Guerra Infinita’ ultrapassa a marca de US$ 2 bilhões

Comentários




    gl