Ana Carolina Garcia. Foto: SRZD

Ana Carolina Garcia

Jornalista formada pela Universidade Estácio de Sá, onde também concluiu sua pós-graduação em Jornalismo Cultural. Em 2011, lançou seu primeiro livro, "A Fantástica Fábrica de Filmes - Como Hollywood se Tornou a Capital Mundial do Cinema", da Editora Senac Rio.

#JuntosPeloCinema: movimento une o setor para a reabertura das salas

Campanha será dividida em fases distintas (Foto: Divulgação).

Começa nesta terça-feira, dia 07, o movimento #JuntosPeloCinema, que reúne exibidores, distribuidores, produtores, criativos e parceiros da indústria cinematográfica do Brasil para preparar o espectador para a reabertura das salas de exibição. Dividida em fases distintas, a ação, mediada pela Flix Media, tem como objetivo principal abrir novo canal de comunicação entre a experiência proporcionada pelas salas e o público, respeitando não apenas a individualidade das empresas e a livre concorrência, como também protocolos de segurança que ainda não foram divulgados nem pelos cinemas nem pelas autoridades.

 

“#Juntospelocinema. Um movimento de união de todo mercado, inédito, colaborativo e fundamental para garantir a volta da magia do cinema às nossas vidas, de maneira organizada e segura. Acreditamos na experiência irreplicável e transformadora que vivemos nos cinemas, nos unimos em torno disto”, afirma Adriana Cacace, diretora geral da Flix Media Latam, em comunicado oficial à imprensa.

 

A primeira fase da campanha, iniciada nesta terça, consiste na divulgação de um vídeo em mais de 300 veículos de comunicação para relembrar a relação única do espectador com as salas de exibição, fechadas desde o início da pandemia do novo coronavírus (Covid-19). Contando com a participação da Federação Nacional das Empresas Exibidoras de Cinema (Feneec), sindicatos estaduais e a Associação Brasileira de Multiplex (Abraplex), a segunda fase da ação terá início próximo à data de reabertura, focando nos novos procedimentos que serão adotados pelos cinemas. Para isto, os exibidores receberão as diretrizes dos governos locais acerca da implementação de protocolos de segurança.

 

“O Sindicato das Empresas Exibidoras Cinematográficas do Estado do Rio de Janeiro está empenhado em unir e fortalecer o mercado, de modo a concretizar um projeto de reabertura das salas que seja sólido, seguro e promissor. A experiência dentro de um cinema é única graças à tela grande e à magia proporcionada por filmes criados especialmente para este momento. Ele é e sempre será o local onde os sonhos se tornam realidade”, diz Gilberto Leal, Presidente do Sindicato das Empresas Exibidoras Cinematográficas do Estado do Rio de Janeiro.

 

Idealizada para o momento de retomada, a terceira fase do movimento terá como foco o esclarecimento de dúvidas, a divulgação da programação e o Festival De Volta para o Cinema, que reunirá por duas semanas clássicos e sucessos de bilheteria e crítica. “O cinema sempre fez parte da minha vida – e no âmbito profissional foi graças a essa paixão que consegui muito do que conquistei. Fazer parte desse movimento único na história, o #JuntosPeloCinema, e auxiliar no retorno do público a essa experiência sem igual através do Festival De Volta Para o Cinema é uma honra que carregarei para sempre”, afirma o crítico Érico Borgo, curador do Festival.

 

Ainda sem data definida, a reabertura das salas de exibição terá de seguir protocolos de segurança rígidos, sobretudo pelo fato de que, no Brasil, a curva de contaminação pelo novo coronavírus ainda não atingiu seu platô, vide o (iminente) colapso de sistemas de saúde de diversas cidades em todo o país. Conforme dito acima, os protocolos não foram divulgados, mas não podem ficar restritos somente à diminuição da capacidade de cada sala para garantir o distanciamento, pois a contaminação também acontece por contato em superfícies, o que implica na desinfecção entre as sessões, o que poderá aumentar o intervalo e, consequentemente, a redução do número de sessões diárias.

 

Num efeito dominó, comentado anteriormente nesta coluna, a adoção dos protocolos de segurança pode ocasionar um aumento de custos para as redes de cinema, inclusive em equipamentos de proteção individual para seus funcionários, sobretudo equipes de limpeza e manutenção. Além disso, há a questão da obrigatoriedade, ou não, do uso de máscaras pelos clientes. Imprescindíveis para conter a disseminação do vírus, as máscaras, caso se tornem obrigatórias, serão uma barreira para as bombonieres, que, em muitos mercados, rendem mais que os ingressos.

 

O maior desafio para a reabertura será encontrar o meio-termo entre a tradição da experiência única proporcionada pelas salas, que permitem ao público uma imersão na história de cada filme, e os protocolos de segurança, evitando o impacto sobre o valor do ingresso e, consequentemente, o afastamento de uma parcela dos clientes que tem sofrido os efeitos da crise econômica que se abateu em todo o mundo. Esta será uma missão árdua, mas não impossível.

 

Confira depoimentos de profissionais do setor:

– “Cada ida ao cinema é um evento. A sala escura, a tela grande, o som fazendo estremecer a cadeira… No cinema, você não só assiste ao filme, você o vivencia. O movimento #JuntosPeloCinema quer garantir que essa experiência única retorne com conforto e segurança para a vida do público”, André Sala, diretor-geral da Sony Pictures Brasil e VP sênior de distribuição na América Latina.

 

– “No escurinho do cinema, o coração dispara, quando pega na mão. Quase explode, no primeiro beijo, no escurinho do cinema. Lágrimas rolam, emoção desenfreada. Doces lembranças, do fundo do coração. Volta cinema”, Caio Silva, Ddiretor da Abraplex.

 

– “A Paramount Pictures acredita na experiência do cinema e orgulha-se em fazer parte desta iniciativa de todo o mercado para uma retomada de atividades segura e responsável. O cinema faz parte da nossa vida, tem um papel importante na nossa cultura e assim como nós vai se adaptar aos novos tempos, cumprindo o seu papel de trazer informação, emoção e esperança para seus espectadores”, César Silva, VP & Diretor Geral da Paramount Pictures Brasil.

 

– “Acreditamos que a experiência do cinema é única e insuperável. Estamos vivendo um período único na História, mas acreditamos que o papel social dessa experiência será ainda mais relevante. Como empresa atuante principalmente na produção nacional, nossos projetos são desenvolvidos por centenas de mãos trabalhadoras e dedicadas em transmitir nossa cultura para as grandes telas do mundo inteiro. Essa campanha mostra a força e união do nosso setor e é um enorme orgulho fazer parte dela”, Gabriel Gurman, CEO da Galeria Distribuidora.

 

– “Na Warner Bros. Pictures, nós acreditamos no poder das histórias, e não há lugar melhor para contá-las do que nos cinemas. Estamos muito orgulhosos em participar do projeto #JuntosPeloCinema, para que a magia do cinema finalmente retorne e continue a encantar todos os brasileiros, como fazemos há quase 100 anos”, Hernán Viviano, Diretor Geral da Warner Bros. Pictures Brasil.

 

– “A Paris Filmes estará sempre ao lado do cinema, com a qualidade da imagem nas telas grandes e o som imersivo e se orgulha em fazer parte desta iniciativa da união de todo o mercado cinematográfico em parceria com outros grandes profissionais, para uma retomada com segurança, a fim de receber muito bem nossos espectadores, e voltar a encantar, divertir e emocionar a todos com a experiência única do cinema”, Jorge Assumpção, diretor da Divisão de Cinema da Paris Filmes.

 

– “Acreditamos desde o início na iniciativa. Apenas em uma sala de cinema se vive a experiência do cinema, é hora de começarmos a voltar com muita segurança e a Campanha e o Festival terão um papel importante nessa retomada”, Juliano Russo, diretor de Marketing, Comercial e A&B da Cinépolis.

 

– “A UCI Cinemas tem seus clientes como foco principal e, em primeiro lugar, preza por sua saúde. Em todo o país, estamos trabalhando para garantir a reabertura das nossas salas de cinema e voltar a proporcionar ao público a experiência única que é assistir aos filmes e as grandes estreias na tela gigante, com a maior segurança possível”, Mônica Portella, diretora de marketing UCI Cinemas.

 

– “O Kinoplex acredita no cinema há mais de cem anos e estamos seguros de que a união de nossa indústria, que constrói tantas histórias e ilumina a vida do seu público, vai nos permitir ultrapassar mais esse desafio. Com muita segurança e responsabilidade, estaremos prontos para receber nosso público, que de frente à tela gigante poderá viajar por universos repletos de aventura, magia e emoção, algo que só o cinema pode proporcionar”, Patrícia Cotta, Gerente Nacional de Marketing da Kinoplex.

 

– “O amor pelo cinema juntou pela primeira vez os protagonistas da distribuição, da exibição e de conteúdo, brilhantemente conectados pela Flix Media e agências que doaram seu tempo e talento para a concepção e planejamento do movimento e campanha para reabertura dos cinemas da melhor forma possível. Evoluímos como indústria, como profissionais e reafirmamos que o cinema é uma experiência única, inigualável e Universal!”, Patrícia Kamitsuji, diretora-geral da Universal Pictures no Brasil.

 

– “Tão inédito quanto o momento que passamos, é o movimento de união e convergência dos agentes do setor, visando à retomada de suas atividades. O cinema é uma arte que encanta, emociona, diverte e educa há mais de cem anos, sendo imprescindível e insubstituível como prática social e de cidadania”, Paulo Celso Lui, presidente do Sindicato das Empresas Exibidoras Cinematográficas no Estado de São Paulo.

 

– “É em momentos tão difíceis como o que estamos vivenciando que percebemos a força e a união do nosso setor para a superação dos grandes obstáculos. Estamos ansiosos para voltarmos a proporcionar a magia do cinema aos nossos espectadores, e estamos trabalhando para que isto ocorra com a maior brevidade possível. As pessoas estão querendo muito retornar aos pequenos prazeres da vida, à confraternização com os amigos, o barzinho de chope, o jogo do time do seu coração e aquele cineminha com uma gostosa pipoca. Curtir a vida como antes – Breve em um cinema perto de você” , Ricardo Difini Leite, Presidente da FENEEC (Federação Nacional das Empresas Exibidoras).

 

– “Nós da Cinesystem, temos o maior orgulho de participar ativamente deste projeto de retomada, que será um marco no segmento de cinemas. Estamos vendo a sinergia, a riqueza de ideias e o trabalho altamente qualificado vindo de diversos profissionais do setor, de uma forma única e emocionante. Em breve, a magia do cinema vai voltar em grande estilo e o consumidor vai vivenciar a Experiência que só o cinema proporciona”, Sherlon Adley, Diretor Comercial & Marketing da Cinesystem.

 

– “Dá um enorme orgulho trabalhar ao lado de tantos colegas de indústria com um objetivo em comum, em um movimento único no mundo. Nem mesmo os melhores roteiristas poderiam escrever uma saída tão grandiosa para uma crise com tantos superlativos. O Festival De Volta Para o Cinema é o maior festival de cinema do mundo e coroa o trabalho de centenas de profissionais que amam o cinema. Assim como todo fã lembra da primeira vez que foi ao cinema, seguramente a primeira sessão da retomada será uma recordação pra toda vida”, Vinícius Pagin, diretor de Programação da Cinemark.

 

Leia também:

Oscar 2021: AMPAS adia cerimônia por causa da pandemia

Cinema e o cenário pós-pandemia

Disney pode seguir os passos da Universal

‘Trolls’: da alegria ao imbróglio

Oscar 2021: AMPAS afrouxa regra de elegibilidade por causa da pandemia

Hollywood e o impacto do novo Coronavírus

 

Assista ao vídeo do #JuntosPeloCinema:

Comentários

 




    gl