Brasileira dirige em Los Angeles websérie que conta a história de um homossexual que se apresenta como hetero

Yas Kween. Foto: Divulgação

 

Depois de Joy, que foi exibido em vários festivais dos Estados Unidos e Europa, a brasileira Lorena Lourenço, radicada em Los Angeles estreia Yas Kween. É uma websérie que conta a história de Kyle, um homossexual que se apresenta como hetero, que ao perder tudo, encontra novos amigos na comunidade LGBTQIA que há muito tempo negligenciava. Sua novas amigas, Maria e Estitties, o ajudarão a descobrir um novo lado de si mesmo no mundo drag, que ele usará para combater pessoas moralmente corruptas.

O show é estrelado por David Mandell, Joy Sunday, Jason Depuy, Casey Thibodaux e Danny Abrahams. Yas Kween foi escrito por David Mandell, dirigido por Lorena Lourenco e Mandell; produção de Lorena Lourenco, David Mandell, Peter Vogel e Lauren Schonemann.

Yas Kween quebra barreiras fora e dentro da comunidade LGBTQIA. David Mandell admite: “Quando você sai do armário, você deve ser recebido de braços abertos nesta recém-descoberta comunidade, e em vez disso, muitas vezes somos confrontados com julgamento, assédio e descrença.”

A diretora imigrante, Lorena Lourenco, se sentiu profundamente conectada com o projeto e admite: “O sentimento de alteridade é universal, todos nós sentimos que não pertencemos, seja na comunidade heterossexual ou LGBTQIA ou em nossa terra natal ou em terra emigrada. É por isso que quero contar as histórias de nós “outros” na periferia da sociedade, para lembrar às pessoas que sim, existe um lugar para todos nós “.

 

Kyle convida o público para entender a comunidade drag através das lições de Estitties. Este show tem personagens LGBTQ, e tocado por um elenco quase totalmente LGBTQ e, no entanto, este show não é apenas para a comunidade LGBTQ, é para quem sentiu-se quebrado, reconstruiu-se e, finalmente, encontrou-se com a sua verdadeira identidade.

Mais informações sobre Lorena Lourenço: www.lorenalourenco.com

Comentários




    gl