Ana Carolina Garcia. Foto: SRZD

Ana Carolina Garcia

Jornalista formada pela Universidade Estácio de Sá, onde também concluiu sua pós-graduação em Jornalismo Cultural. Em 2011, lançou seu primeiro livro, "A Fantástica Fábrica de Filmes - Como Hollywood se Tornou a Capital Mundial do Cinema", da Editora Senac Rio.

‘Luca’: mensagem de respeito às diferenças

“Luca” estreia diretamente na Disney+ (Foto: Divulgação).

Originalmente previsto para as salas de exibição, “Luca” (2021) estreia na Disney+ nesta sexta-feira, dia 18, levando à plataforma uma trama guiada pela curiosidade e paixão por uma Vespa para abordar tema importante: respeito às diferenças.

 

Estreia do italiano Enrico Casarosa na direção de longas-metragens, “Luca” conta a história de Luca (voz de Jacob Tremblay), criatura marinha que assume forma humana em terra firme. Apesar do susto inicial, Luca decide explorar o mundo desconhecido pelo qual logo se encanta, principalmente ao conhecer Alberto (voz de Jack Dylan Grazer), que vive sozinho após ser abandonado pelo pai. Juntos, embarcam numa aventura por uma pequena vila no litoral italiano, dominada por Ercole Visconti (voz de Saverio Raimondo). No local, são acolhidos pela jovem Giulia (voz de Emma Berman) e seu pai.

 

“Luca” é inspirado na infância de seu diretor, Enrico Casarosa (Foto: Divulgação).

 

Mantendo o padrão de qualidade técnica instituído pela Disney / Pixar, “Luca” dialoga com duas coleções de curtas-metragens que integram o catálogo da Disney+, “SparkShorts – Projetos de Artistas da Pixar” (SparkShorts – desde 2019) e “Launchpad: Uma Coleção de Curtas” (Launchpad: A Short Film Collection- 2021), por levar ao espectador uma discussão necessária sobre respeito às diferenças, aceitação, diversidade e inclusão por meio da amizade de Luca, Alberto e Giulia, que sofre bullying na vila “controlada” por Ercole Visconti (voz de Saverio Raimondo). Egocêntrico, Ercole remete a um dos vilões mais famosos dos estúdios Disney, Gastão, de “A Bela e a Fera” (Beauty and the Beast – 1991), de Gary Trousdale e Kirk Wise. Isto se deve tanto à sua vaidade quanto à obstinação em retirar de seu caminho todos que possam lhe atrapalhar de alguma maneira, tentando liderar uma caçada aos chamados monstros marinhos apenas para levar o crédito de mais uma conquista.

 

Com rápida participação de Sacha Baron Cohen, que empresta sua voz ao Tio Ugo, “Luca” é uma produção cujo objetivo é transmitir uma mensagem pacífica para o público de todas as idades, sobretudo a fatia mais nova. Neste ponto, a animação assume função quase didática para mostrar às crianças que ser diferente é normal, importando apenas o caráter e a índole do indivíduo.

 

Assista ao trailer oficial legendado:

Comentários

 




    gl