Colunas

Michelle, as meninas e o mundo

Michelle Obama e as crianças. Foto: Reprodução

Alguém que já fez história nos Estados Unidos, Michelle Obama, primeira mulher negra a ter vivido na Casa Branca no status de primeira-dama, quer escrever agora novos capítulos na história de outras meninas e adolescentes, pobres como ela própria foi em sua infância em Chicago. Esposa de Barack Obama, primeiro presidente afro-descendente daquela nação, ela está diretamente empenhada num dos projetos internacionais da Obama Foundation, a Fundação Obama. Tal iniciativa foi denominada Global Girls Alliance, a Aliança Global de Meninas.

Uma das metas dessa campanha é a de atender às necessidades e incentivar as meninas e adolescentes pobres do mundo inteiro a terem educação, saúde e futuramente, melhores oportunidades de trabalho. De acordo com a Fundação Obama, atualmente mais de 98 milhões de crianças e adolescentes do mundo inteiro estão fora da escola, o que, certamente, terá uma influência no futuro delas e de seus eventuais maridos e filhos. Quando se educam as meninas de hoje, no amanhã elas serão mães mais bem preparadas para formar suas famílias, acredita Michelle. Advogada, a ex-primeira dama enviou uma carta a pessoas de várias partes do mundo, solicitando a colaboração para a iniciativa.

Abaixo alguns trechos do documento:

“Olá,

Hoje, mais de 98 milhões de meninas adolescentes em todo o mundo não estão na escola.

O que essas meninas poderiam conseguir se tivessem permissão para liberar todo o seu potencial? O que eles poderiam conseguir se os obstáculos que os mantêm fora da escola – recursos escassos, casamento precoce e gravidez, uma mentalidade tóxica que diz que eles são indignos de uma educação – foram eliminados?

Estamos determinados a descobrir. Hoje, no Dia Internacional da Garota, tenho o orgulho de anunciar o lançamento da Aliança Global de Meninas pela Fundação Obama, um esforço para capacitar meninas adolescentes em todo o mundo por meio da educação, para que possam apoiar suas famílias, comunidades e países.

A Global Girls Alliance, um programa da Fundação Obama, busca capacitar meninas adolescentes em todo o mundo por meio da educação, permitindo que elas atinjam seu pleno potencial e transformem suas famílias, comunidades e países. Envolvemos pessoas em todo o mundo para tomar medidas para ajudar as adolescentes e os líderes de base que trabalham para educá-los.

A Global Girls Alliance visa aumentar o trabalho que está sendo feito em todo o mundo para capacitar meninas adolescentes por meio da educação:
Inspirando, capacitando e conectando líderes de base

A Fundação quer garantir que as pessoas nas linhas de frente sejam apoiadas por estratégias eficazes para melhorar e dimensionar seu trabalho. Criamos uma rede on-line para conectar os líderes uns aos outros para que eles possam compartilhar práticas recomendadas, recursos, incentivo e ideias.

Direcionando compromissos específicos por meio do GoFundMe
Esses líderes de base precisam mais do que visibilidade e conexões uns com os outros – eles precisam de apoio financeiro. Para preencher essa lacuna, a Fundação trabalhou com o GoFundMe para lançar o Global Girls Alliance Fund, um fundo que apoiará diretamente os líderes de base que trabalham na educação de meninas. As doações para o fundo podem ser gerais ou designadas pelos doadores para projetos específicos listados na página GoFundMe da Global Girls Alliance.

Jovens inspiradores e desafiadores no mundo desenvolvido se unem a nós
Queremos que os jovens nos Estados Unidos e em todo o mundo aprendam sobre esse assunto e se envolvam. Desde incentivar os jovens a compartilhar uma apresentação sobre essa questão na escola até colaborar com organizações de meninas que expandiram sua programação para incluir o trabalho na educação de meninas adolescentes, a Fundação está oferecendo recursos para ajudar os jovens a transformar sua paixão por essa questão em ação. Trabalhando juntos, podemos aumentar o apoio e a conscientização dos programas comunitários que estão fazendo a diferença, desencadear uma vibrante discussão global sobre meninas adolescentes e as barreiras que os impedem de atingir seu pleno potencial e oferecer oportunidades para que os cidadãos globais tomem medidas.

Primeiro, criamos uma rede que permitirá que esses líderes se conectem uns aos outros, compartilhem práticas recomendadas e, em última análise, dimensionem seu trabalho.

Em segundo lugar, estabelecemos uma parceria com o GoFundMe para criar uma nova plataforma de captação de recursos para multidões – um lugar onde qualquer pessoa, em qualquer lugar do mundo, pode apoiar esforços para capacitar meninas em lugares como Índia, Guatemala ou Uganda.

E finalmente, estamos procurando sua ajuda. Todos podem ser aliados. Espero que você nos siga no Facebook, Instagram e Twitter, e visite nosso site para se informar sobre esse assunto, ler sobre o tremendo trabalho que já está sendo realizado e começar a tomar as medidas possíveis.

Saiba mais sobre a Global Girls Alliance e como você pode ser um aliado hoje:

https://go.obama.org/global-girls-alliance

Muito obrigado. Juntos, podemos ajudar essas meninas a cumprir sua promessa ilimitada.

Atenciosamente,

Michelle”

O link para a Fundação Obama é http://www.obama.org, e para a Global Girls Alliance, www.obama.org/globalgirlsalliance/. Por meio desses links, qualquer pessoa pode se informar sobre os projetos, como se tornar um colaborador, ou até mesmo apresentar a candidatura de uma organização não-governamental e não-lucrativa para receber recursos levantados pela fundação.

Foto: Reprodução

Comentários




    gl