UESM na Mídia: Campeãs exaltadas na avenida.

A GRESM São Vicente teve 2 logos em 2016

Reta final para os desfiles, corações batem a mil por hora. Mas, na União das Escolas de Samba de Maquete a energia é outra. São 13 escolas disputando o concorrido troféu de campeã. Mas nesses 5 desfiles (5 anos de criação da liga), os troféus foram levantados 06 vezes  e nessa matéria apresentaremos e comentaremos o hall das campeãs do Grupo Especial do Carnaval de Maquete. São elas:  2018 – Unidos do Tijucano, 2017 – Império de Ouro Branco, 2016 – Unidos de São Vicente, 2015 – Barões da Pedra e 2014 – Mocidade Unida MASF e Barões da Pedra.

O Luxo de época de 2018:

  A Unidos do Tijucano, com o enredo “Pimenta sim, muita pimenta, chalaças velhas, carnavalescas, pernas à mostra e seios mus – a revista!”, mostrou todo luxo e glamour do teatro de revista, com pernas de fora, e peitos também… vamos relembrar esse lindo desfile…
A escola apostou no clássico para discorrer sobre o teatro de revista. Iniciando com muito impacto visual, a escola trouxe suas cores na abertura, em muito azul e dourado, uma comissão de frente bem diferente do usual, que em certo momento da coreografia (criativa por sinal, que mexia até a perna) formava seu símbolo, o pavão!
A escola já ovacionada com o campeonato do ano anterior, com “Omi”, que em uma plástica mais rústica, trouxe um grande desfile sobre o elemento água, no mito da criação Yorubá, veio para 2019 completamente diferente.
A escola usou e esbanjou luxo e encantou o público, com a teatralização e as alegorias sempre com movimentos e mínimos detalhes sempre usadas pela Família Tijucano.
O último carro alegórico, todo em branco, foi um dos que causaram maior impacto: com fumaça, LED, bonecos em hastes, trazendo todo o bom gosto e uma plástica limpa, sagrando se s campeã de 2019.

Confira aqui:

A Gigante de 2017

A Império de ouro branco, com seus 233 componentes contou (a partir do rio sagrado em sua comissão, na avenida de Novo Hamburgo) o enredo: “Das areias do deserto uma cultura milenar: Egito”.
A agremiação alvinegra explorou bastante o Egito religioso e histórico, retratando desde seus símbolos mais populares como as pirâmides, no abre-alas, e várias outras passagens como a mumificação, seus mistérios e seus produtos, que foram base para muitos que conhecemos hoje.
Também foi lembrado o a sua importância na história – a matemática e escrita, a evolução da agricultura , a medicina e até o banho, criações egípcias.
A escola esbanjou luxo e criatividade, com alegorias e fantasias muito bem acabadas, e aproveitou a iluminação nos carros que tornaram mais visíveis os detalhes. Assim a Império de Ouro Branco levou para o sul do Brasil  a taça de campeã de 2017.

Confira aqui:

A certinha e correta de 2016

“Um ruído anuncia… a sinfonia vai começar… Os tambores ecoam, para a Mãe Amazônia saudar…”

Em 2016, visitamos a Amazônia para contar o enredo da São Vicente. Cores, cheiros , sabores e características do estado Amazonas foram lembrados na avenida ecoado pelos componentes que abusaram da cores verde, cor que representa Amazonas e a escola.
O enredo demonstrou que o povo do norte sempre foi culturalmente falando, um povo guerreiro que necessita da importância do fomento à Cultura por parte dessa região. O santuário do Brasil, onde vivem a maior parte de toda flora e fauna do Brasil, é um dos mais  importante ao mundo todo.
Seu ultimo setor nos relembrou e ensinou lendas amazônicas, boto cor de rosa, Eldorado, Vitória régia, lenda da lua, caiporas e curupira, assim ilustrando moda magia do enredo.
Com tribos guerreiras e sua cultura, mantida e defendida, pode se vir uma escola equilibrada e muito organizada, sagrou-se campeã de 2016.

Confira aqui:

Grande Africanidade Bi-campeã de 2015

Na apresentação enredo “Extraordinária África”, a Barões da Pedra , buscou referências na fauna e na flora, nos animais coloridos do berço do mundo, nas comunidades primitivas africanas. As alas mostraram com um luxo e o colorido africano também a arte, religião, dança e culinária, dos povos do continente mais velho do mundo.
Com um belo samba da Cubango, a escola mostrou toda sua força negra, em busca do bi campeonato, que arrebatou de maneira singela, mostrando a jóia rara que é o continente africano e sendo até o momento a única a ter dois títulos.

 

 

Confira aqui:

As Criativas e ousadas de 2014

As du.as mais tradicionais da UESM, a Mocidade MASF e Barões da Pedra, foram as primeiras a levarem a taça para sua sedes em São Paulo e em Maricá-RJ, respectivamente, em 2014.
A primeira agremiação entrou na avenida ousada e prateada, com samba-enredo e temáticas sobre o Brasil, de uma maneira lúdica e futurista, num desfile que nos remete aos tempos áureos de Mocidade Independente de Padre Miguel.
“Verde, Amarelo e azul colorem o nosso Brasil”, com esse enredo campeão, a MASF, se mostrou arrojada e moderna, em um desfile que esbanjou materiais laminados, simples, mas muito bem trabalhados, que é freqüente no estilo do carnavalesco Marco Antônio, com uma escola coesa e moderna, onde trouxe no abre alas componentes içados, espelhos, muito brilho e bom gosto, abocanhando o titulo de 2014.

Confira aqui:


Entrei por um lado e sai pelo outro, quem quiser que conte outro! Assim foi a narrativa da outra campeã de 2014, a Barões da Pedra totalmente colorida e cativante, a escola abriu os portais da imaginação em seu abre alas, para revelar um arco íris, que conduz a imaginação e verdades, entre bonecas de pano e anões , histórias brasileiras, doces, brinquedos jogos, cidades perdidas, tudo aqui que cabe na imaginação, tornando qualquer fantasia real.
Com uma pausa para o susto e terror, o enredo aborda os mistérios e enigmas do medo, depois trazendo um sinal de esperança para mostrar em seu rico desfile como é possível sonhar.

Confira aqui:

E não esqueça, os desfiles do Grupo Especial e A do Carnaval de Maquete acontecem nos dias 06 e 07 de julho a partir das 14h30. Você pode acompanhar todos os detalhes dos desfiles pelo site oficial (www.uesm.com.br) onde as agremiações se apresentarão em forma de vídeo e contarão com narração ao vivo.

Comentários




    gl