Veja como foi a festa de lançamento do CD do Carnaval de São Paulo 2019

CD do Carnaval de São Paulo 2019. Foto: Guilherme Queiroz

CD do Carnaval de São Paulo 2019. Foto: Guilherme Queiroz

Festa do samba!

As 34 agremiações das três principais divisões do Carnaval de São Paulo se apresentaram na Fábrica do Samba I, na Zona Norte, durante todo o sábado e madrugada deste domingo (2) no evento de lançamento do CD com os sambas de enredo dos desfile de 2019.

Foi o último grande evento aberto ao público do calendário pré-Carnaval, que volta a esquentar novamente em janeiro com o início da temporada de ensaios técnicos gerais no sambódromo do Anhembi.

+ veja a grade completa de ensaios técnicos gerais de 2019 em SP

Foram mais de 13h de apresentações para o público que viveu uma verdadeira “maratona sambística”. Em cena, cerca de 500 componentes de cada uma das 34 agremiações dos grupos Especial, Acesso 1 e Acesso 2 se apresentaram para o público presente como se fosse um desfile.

Comissões de frente, passistas, casais de mestre-sala e porta-bandeira, musas e representantes de vários segmentos, se apresentaram fantasiados ou usando as cores de cada pavilhão, esbanjando entusiasmo, samba no pé e alegria. Tudo ao som do ritmo das baterias e da condução dos times de canto. Bandeiras, adereços, papel picado, coreografias, sinalizadores e até fogos de artifício marcaram as exibições que terminaram com a Gaviões da Fiel, às 4h01 do domingo (2), dia nacional do samba.

Festa de lançamento do CD 2019 em SP na Fábrica do Samba. Foto: Guilherme Queiroz
Festa de lançamento do CD 2019 em SP na Fábrica do Samba. Foto: Guilherme Queiroz

O local, onde sete escolas têm instalados seus barracões e que assim que tiver as obras concluídas abrigará todas as quatorze entidades da divisão principal, já foi usado como palco de eventos da folia na cidade.

A finalização da Fábrica do Samba foi um dos assuntos de destaque da noite. Presente no evento, o prefeito da cidade de São Paulo, Bruno Covas, recebeu das mãos do presidente da Liga Independente das Escolas de Samba de São Paulo, Paulo Sérgio Ferreira, o Serginho, uma homenagem especial.

“Temos a sorte de ter um prefeito que gosta de Carnaval”, disse Serginho antes de passar a palavra para Covas e entregar para ele uma réplica do troféu destinado para a agremiação campeã do Grupo Especial.

Serginho, Milton Leite e Bruno Covas. Foto: Fabio Capeleti
Serginho, Milton Leite e Bruno Covas. Foto: Fabio Capeleti

“Assinamos recentemente um convênio de 40 milhões de reais para poder terminar finalmente as obras da Fábrica do Samba. Não foi fácil. Foi um recurso muito disputado mas justo, uma vez que o Carnaval de São Paulo é referência e merece nosso apoio. Foi um recurso muito disputado mas justo, uma vez que o Carnaval de São Paulo não é apenas uma festa para as pessoas da cidade, é para o Brasil e para o mundo todo. É um Carnaval referência. No último Carnaval, nós tivemos mais gente chegando na cidade de São Paulo do que saindo. Isso mostra que apostar no Carnaval de São Paulo é acima de tudo apostar na geração de emprego e renda, no desenvolvimento econômico, no turismo, na cultura e na diversão. Fico feliz de estar hoje aqui com vocês e poder, em breve, inaugurar essa obra”, afirmou Bruno após parabenizar as escolas de samba. 

+ clique aqui para ouvir o discurso na íntegra do prefeito Bruno Covas

Serginho, Milton Leite e Bruno Covas. Foto: Fabio Capeleti
Serginho, Milton Leite e Bruno Covas. Foto: Fabio Capeleti

Na festa do dia do samba, o protagonismo foi das comunidades das agremiações

Na primeira parte da extensa programação, apresentaram-se as 12 entidades do Grupo de Acesso 2: Primeira da Cidade Líder, Amizade Zona Leste, Torcida Jovem, Estrela do Terceiro Milênio, Unidos de Santa Bárbara, Tradição Albertinense, Uirapuru da Mooca, Imperador do Ipiranga, Camisa 12, Combinados do Sapopemba, Dom Bosco e Morro da Casa Verde.

+ clique na foto para ver em tamanho ampliado

+ Clique aqui para assistir as apresentações do Grupo de Acesso 2

+ Clique aqui para ver a capa do CD do Grupo de Acesso 2

Em seguida, já no início da noite do sábado, foi a vez das 8 escolas que brigam por vaga na elite; Mocidade Unida da Mooca, Independente Tricolor, Barroca Zona Sul, Nenê de Vila Matilde, Leandro de Itaquera, Camisa Verde e Branco, Unidos do Peruche e Pérola Negra.

Nem mesmo uma forte chuva que foi “companheira” nas apresentações da Independente Tricolor, Barroca Zona Sul, Nenê de Vila Matilde e Leandro de Itaquera tirou o brilho do espetáculo.

+ clique na foto para ver em tamanho ampliado

+ Clique aqui para assistir as apresentações do Grupo de Acesso 1

Na reta final do encontro, as 14 agremiações da divisão principal tomaram conta da pista montada para o mini-desfile, pela ordem; Dragões da Real, Império de Casa Verde, Mancha Verde, Acadêmicos do Tucuruvi, Acadêmicos do Tatuapé, X-9 Paulistana, Tom Maior, Águia de Ouro, Colorado do Brás, Mocidade Alegre, Vai-Vai, Rosas de Ouro, Unidos de Vila Maria e Gaviões da Fiel.

+ clique na foto para ver em tamanho ampliado

Álbuns serão comercializados em lojas físicas e plataformas digitais

Os álbuns com os sambas do grupos Especial e Acesso 1, e do Acesso 2, serão comercializados em todas as lojas físicas, com preço sugerido de R$ 25 e R$ 10. Haverá também distribuição nas plataformas digitais: Spotify, Rdio, iTunes e Google Play.

CD do Carnaval de São Paulo 2019. Foto: Fabio Capeleti
CD do Carnaval de São Paulo 2019. Foto: Fabio Capeleti

+ conheça a capa do CD dos Grupos Especial e de Acesso 1

O CD Sambas de Enredo Carnaval SP 2019, com gravação ao vivo aconteceu entre os dias 28 de setembro e 8 de outubro de 2018, na Fábrica do Samba, com produção da Liga SP, co-produção, direção técnica e gravação de Rodrigo Pimentel, da RW Studios, e produção artística de Marcelo Casa Nossa.

Leia mais sobre o Carnaval 2019 em SP:

+ Clipe com os sambas 2019 é lançado em cinema

+ Veja os preços dos ingressos de todos os setores para os desfiles de 2019

+ Confira a ordem de desfiles do Carnaval paulistano do próximo ano

Comentários




mais notícias

    gl