Mangueira grava sambas concorrentes na próxima semana; disputa começa em setembro

Final de samba da Mangueira 2018. Foto: Henrique Matos

Final de samba da Mangueira 2018. Foto: Henrique Matos

Repleta de inovações, a disputa de samba da Mangueira está perto de começar. Após a inscrição prévia das parcerias e a entrega de áudios e letras dos sambas concorrentes, a verde e rosa inicia as gravações das obras em estúdio na próxima terça-feira (20). O resultado final poderá ser conferido pelo público no dia 4 de setembro, quando a agremiação divulga os sambas em rede social. No dia 14 começam as eliminatórias em quadra.

No última quarta-feira (14), a Mangueira recebeu a confirmação de inscrição de 33 sambas concorrentes, mas somente 32 estão aptos a participar. Um samba foi desclassificado devido à divulgação de gravação alternativa em redes sociais. O número inicial havia sido de 68 parcerias, mas menos da metade entregou letra, áudio e pagamento da taxa da disputa.

O sorteio que definirá qual intérprete do time de canto da Mangueira gravará cada obra será nesta sexta (16), a partir das 17 horas, no barracão da escola. Antes da disputa em quadra, todos os sambas passarão por audição na Cidade do Samba, marcada para os dias 10, 11, 17 e 18 de setembro.

A final do concurso será 12 de outubro. Vale lembrar que é proibida a presença de torcida organizada nas apresentações durante a disputa.

Confira o comunicado da Mangueira sobre as próximas etapas do concurso de samba:

O Conselho de Carnaval da Estação Primeira de Mangueira, que está na direção do concurso que escolherá o samba-enredo para o carnaval 2020, em conformidade com o regulamento da disputa, está dando publicidade ao processo e divulgando as próximas etapas que serão cumpridas até o dia 12 de outubro, data da grande final e escolha do hino que será a voz da Verde e Rosa na Sapucaí.

No dia 14 de agosto a Mangueira recebeu a inscrição de 33 sambas concorrentes. Infelizmente, devido a divulgação de gravação alternativa em redes sociais, o que configura transgressão dos subitens 2.10 e 2.11 da cláusula 2ª – sobre a gravação da obra, a parceria de número 10 (Claudemir, Ronaldo Barcellos e Cosminho) foi excluída do concurso. Sendo assim seguem na disputa 32 (trinta e duas) composições que serão divididas em duas chaves de 16 sambas. A primeira composta pelos sambas com inscrição de 1 a 17 e a segunda com os sambas de inscrição entre 18 e 33.

A Chave 1 se apresentará na quadra dia 14 de setembro

A Chave 2 se apresentará na quadra no dia 21 de setembro

O sorteio que definirá qual intérprete fará a gravação oficial ocorrerá no Barracão da Cidade do Samba, a partir das 17 horas do dia 16 de agosto de 2019 e terá transmissão ao vivo pelo Facebook oficial da Mangueira.

O processo de sorteio terá dois momentos distintos:

No primeiro momento serão colocados no globo os números de 1 a 4 e a cada um dos cantores será atribuído um desse números;

No segundo momento pela ordem de inscrição cada um dos intérpretes sorteará o samba que interpretará da seguinte forma – Sambas de 01 a 04, de 05 a 08, de 09 a 13, de 14 a 17, de 18 a 21, de 22 a 25, de 26 a 29, 30 a 33.

A cada grupo a ser sorteado haverá a mudança do primeiro intérprete (ou seu representante) a proceder o sorteio.

O processo de gravação será iniciado com a colocação da voz guia, que será feita em conformidade com o cronograma abaixo e acontecerá no estúdio do Cezar Fadel, situado na Rua Luis de Simoni 61, Pilares – Próximo à Praça Aderbal Costa.

A colocação da voz guia será de responsabilidade das parcerias e acontecerá da seguinte maneira:

Terça-feira dia 20 de agosto

Samba 1 – 14 h/ Samba 2 – 16 h/ Samba 3 – 18 h/ Samba 4 – 20 h/ Samba 5 – 22 h

Quarta-feira – 21 de agosto

Samba 6 – 10 h/ Samba 7 – 12 h/ Samba 8 – 14 h/ Samba 9 – 16 h/ Samba 11 – 18 h/ Samba 12 – 20 h/ Samba 13 – 22 h

Quinta-feira – 22 de agosto

Samba 14 – 10 h/ Samba 15– 12 h/ Samba 16 – 14 h/ Samba17 – 16 h

Sexta-feira – 23 de agosto

Samba 18– 10 h/ Samba 19 – 12 h/ Samba 20 – 14 h/ Samba 21 – 16 h/ Samba 22 – 18 h/ Samba 23 – 20 h

Segunda-feira dia 26 de agosto

Samba 24 – 10 h/ Samba 25 – 12 h/ Samba 26 – 14 h/ Samba 27 – 16 h/ Samba 22 – 18 h/ Samba 28 – 20 h

Terça-feira – dia 27 de agosto

Samba 29 – 10 h/ Samba 30 – 12 h/ Samba 31 – 14 h/ Samba 32 – 16 h/ Samba 33 – 18 h

Após a colocação da voz guia pelas parcerias serão informadas as datas da colocação da Voz pelo intérprete da escola, que poderá ser acompanhada pela parceria.

ATENÇÃO – Durante todo o processo de estúdio será terminantemente proibido o uso da aparelhos celulares e quaisquer outros equipamentos de gravação em vídeo e áudio.

A partir do dia 4 de setembro serão divulgados os sambas pelas Redes Sociais da Mangueira.

Visando proporcionar aos concorrentes, uma maior oportunidade de mostrarem suas obras, acontecerão 4 audições dos sambas no Barracão da Cidade do Samba, essas audições não terão caráter eliminatório e cada samba receberá, no dia de sua apresentação 20 convites e os compositores receberão pulseiras para todas as apresentações.

As apresentações acontecerão, a partir das 20 h, da seguinte forma:

Dia 10 de setembro –serão cantados os sambas de 1 a 8.

Dia 11 de setembro -–serão cantados os sambas de 9 a 17

Dia 17 de setembro –serão cantados os sambas de 18 a 25

Dia 18 de setembro -–serão cantados os sambas de 26 a 33

Corte do Samba número 10

O Conselho de Carnaval lamenta profundamente sobre o corte da obra de número 10, mas não havia outra alternativa, a não ser seguir o regulamento e manter a lisura do processo. Para que não haja dúvidas, confira abaixo os subitens 2.10 e 2.11 da cláusula 2ª do regulamento, sobre a gravação da obra:

2.10 – Não será permitido o registro sonoro ou qualquer outra gravação alternativa que não seja a oficialmente realizada pela Estação Primeira de Mangueira nos moldes aqui definidos, sob pena de ter o samba excluído do referido concurso do Grêmio;

2.11 – O conselho de carnaval será o responsável pela avaliação de casos omissos relacionados à divulgação de gravações não oficias. Caberá exclusivamente ao conselho de carnaval a avaliação dos possíveis casos de quebra de regulamento;

Comentários




    gl