Após Ciro acusar Lula de golpe, Dilma rompe com pededista e o compara com Bolsonaro

Dilma Rousseff e Lula. Foto: Reprodução/Facebook

A ex-presidente Dilma Rousseff (PT) reagiu fortemente, muito diferente de seu estilo em manifestações públicas, aos comentários e acusações do ex-ministro Ciro Gomes (PDT), contra ela, contra o também ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e o Partido dos Trabalhadores.

Em entrevista divulgada pelo jornal O Estado de S.Paulo, nesta quarta (13), o pedetista afirmou que Lula teria conspirado para o impeachment de Dilma, concretizado em 2016.

“Eu atuei contra o impeachment e quem fez o golpe foi o Senado Federal. Quem presidiu o Senado? Renan Calheiros. Quem liderou o MDB nessa investida? O Eunício Oliveira. Com quem o Lula está hoje?. Hoje eu estou seguro que o Lula conspirou pelo impeachment da Dilma, estou seguro”, e acrescentou classificando Dilma como uma das pessoas mais “incompetentes, inapetentes e presunçosas” que já ocuparam o cargo de chefe do Executivo.

Pela sua conta oficial no Twitter, Dilma reagiu:

+ Após Ciro acusar Lula de golpe, Dilma rompe com pededista e o compara com Bolsonaro

+ Com saída de Crespo, São Paulo soma 18 técnicos em 5 anos

+ Vaza vídeo de Gabigol tomando banho após treino da Seleção Brasileira

+ Em entrevista, vídeo de 2016 mostra ‘previsões’ de Dilma e consequências do impeachment

+ Curtinhas: Xuxa pede que apoiadores das práticas de Bolsonaro parem de falar com ela

+ Clima: confira a previsão do tempo para esta quinta-feira (14)

+ Noite de formação de roça não turbina audiência de A Fazenda; veja os números de 12 de outubro

Comentários

 




    gl