Lula: ‘Tô livre para ajudar a libertar o Brasil dessa loucura’

Lula é libertado. Foto: Reprodução de TV

Libertado nesta sexta-feira (8) depois de 580 dias preso em Curitiba, o ex-presidente Lula postou seu primeiro vídeo no Instagram mandando um recado para seus seguidores.

“Quero agradecer do fundo do coração toda a solidariedade de vocês e dizer para vocês que tô livre para ajudar a libertar o Brasil dessa loucura que está acontecendo no nosso país. É preciso cuidar da educação, cuidar do emprego, cuidar do salário, cuidar da cultura, cuidar do prazer e da alegria. Aliás, a juventude não vive se não tiver prazer, motivação de vida, e é isso que nós temos que oferecer para vocês”, declarou.

Lula ainda brincou com os seguidores. “Eu queria falar com os meus seguidores do Instagram. Eu tenho 74 anos de idade do ponto de vista biológico, mas tenho 30 anos de energia e 20 anos de tesão, tá? Só para vocês ficarem com inveja desse jovem que está falando com vocês”, disse rindo.

 

Ver essa foto no Instagram

 

❤️ #Gratidão Vídeo: @ricardostuckert

Uma publicação compartilhada por Luiz Inácio Lula da Silva (@lulaoficial) em

Em vídeo anterior, gravado de dentro de um carro, assim que deixou a sede da Polícia Federal, Lula abordou o período de detenção e a situação atual do país. Ele também aproveitou para agradecer aos ativistas que fizeram a vigília durante todo o tempo que ele esteve detido.

“Eu saio com muita vontade de voltar a lutar. Eu não quero ficar falando mal de presidente, de ministro…eu quero falar das coisas que é possível fazer nesse país”, declarou Lula, mandando um recado sobre o que pretende fazer no futuro em relação à política brasileira.

Ao lado  da namorada, Rosangela da Silva, conhecida como Janja, Lula lembrou que Jair Bolsonaro foi eleito usando notícias falsas e que depois que assumiu a presidência os índices econômicos pioram a cada dia.

“É muito triste porque depois de 580 dias preso, depois de eleição, depois de eleger um presidente com base em fake news, com base em mentiras, os dados do IBGE mostram que o povo brasileiro está mais desempregado, ganhando menos e vivendo pior”, completou.

Em tom de campanha, o petista diz que quer “construir um país melhor” e que não vai “ficar falando mal” do presidente Jair Bolsonaro: “Eu não quero ficar falando mal de presidente, falando mal de ministro. Eu quero falar bem do povo brasileiro e falar das coisas que são possíveis da gente construir nesse país”.

Lula em transmissão de vídeo. Foto: Reprodução de Internet

Lula afirma que não “vai ficar falando mal de Bolsonaro”

O ex-presidente deve participará de um ato organizado por movimento sociais em frente ao histórico Sindicato do Metalúrgicos do ABC neste sábado onde fará um pronunciamento.

Condenado por corrupção e lavagem de dinheiro confirmada pelo Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF4), no caso do tríplex do Guarujá, Lula, que nega as acusações, estava preso na Superintendência da Polícia Federal (PF) em Curitiba há 580 dias.

Em abril deste ano, a pena de corrupção foi reduzida pelo Superior Tribunal de Justiça (STJ) para cinco anos e seis meses, enquanto a de lavagem ficou em três anos e quatro meses, resultando nos oito anos e dez meses finais.

A liberação de Lula ocorreu após o juiz Danilo Pereira Júnior, da 12ª Vara Criminal Federal de Curitiba, aceitar nesta sexta-feira (8) o pedido da defesa do ex-presidente com base na decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) contra a prisão em segunda instância.

Leia também:

– Os próximos desafios políticos de Lula, por Sidney Rezende

– Além de Lula, veja quem pode deixar prisão após decisão do STF

Comentários




    gl