Após agressão, Naldo chora e pede perdão a Mulher Moranguinho

Naldo Benny. Foto: Reprodução de Internet

Naldo Benny. Foto: Reprodução de Internet

O cantor Naldo Benny gravou um vídeo em que aparece chorando e pedindo desculpas a sua mulher, Ellen Pereira Cardoso, a Mulher Moranguinho, um dia depois de se envolver em uma polêmica em que foi acusado de dar socos, chutes, tapas e puxões de cabelo em sua parceira após uma discussão por ciúmes.

Nesta quarta-feira (6), Naldo foi preso no Rio de Janeiro por porte ilegal de arma e solto após pagamento de fiança. A denúncia partiu de sua mulher que prestou queixa por agressão.

A Delegacia de Atendimento a Mulher (DEAM) de Jacarepaguá realizou buscas na casa do cantor na Freguesia, Zona Oeste da cidade, e encontrou uma pistola calibre 7,65 sem registro e munição.

Depois de ser solto, ofunkeiro ainda se apresentou de boné, bermuda e tênis na festa de confraternização de fim de ano do Batalhão de Jacarepaguá (18ºBPM).

A Justiça concedeu medidas protetivas à mulher de Naldo por 90 dias. Com isso, o cantor deverá sair da casa onde mora com Ellen e manter uma distância mínima de 100 metros. Além disso, Naldo está proibido de manter contato com a mulher e testemunhas.

“Eu quero te dizer, meu amor, que eu nunca vou desistir de você, tá? Eu te amo muito, muito, muito. Eu estou completamente acabado, arrependido, destruído, machudado. Arrependido a ponto de buscar mudanças”, disse o artista, chorando, em trecho do vídeo publicado na internet.

Em virtude do ocorrido, a Prefeitura do Rio e a Riotur decidiram cancelar a apresentação de Naldo na festa de Réveillon Rio 2018 em Copacabana.

Assista:

Comentários

srzd



mais notícias