Unidos de Vila Betânia homenageará Hebe Camargo em seu retorno ao Carnaval Virtual

O GRESV Unidos de Vila Betânia anuncia seu enredo para seu retorno ao grupo de acesso do Carnaval Virtual, a escola irá homenagear a famosa apresentadora Hebe Camargo, falecida em 2012. O título do enredo será: “Gracinha… A Vila Betânia canta Hebe, a Dama da TV” de autoria presidente da agremiação João Paulo da Silva e do enredista Maicon de Noronha Vieira Baptista. O logo do enredo é de autoria de Diogo Augusto da Silva.

 

FICHA TÉCNICA:

Nome: Grêmio Recreativo Escola de Samba Virtual Unidos de Vila Betânia
Cidade sede: Caucaia – CE
Data de fundação: 02/10/2014
Cores: Vermelho e Branco
Simbolo: Tigre

Presidente: João Paulo da Silva
Carnavalesco: Thalys Sant’ana Barbosa
Interprete: Luiz Henrique dos Santos Oliveira
Diretora de Carnaval: Nathalia Cristyne Silva Soares Milanez
Enredista: Maicon de Noronha Vieira Baptista

 

ENREDO:

Gracinha… A Vila Betânia canta Hebe, a Dama da TV

Autores: João Paulo da Silva e Maicon de Noronha Vieira Baptista

”Lindo de viver”

Essa frase era minha marca registrada, nela vocês podem sentir um pouco da minha paixão pela vida.

Nasci em Taubaté no Vale Paraíba, tive uma infância muito humilde, sendo a mais jovem de sete irmãos. Meu pai, violinista e cantor, sempre me foi uma inspiração, já que eu sempre o acompanhava em suas apresentações.

Minha família foi morar em São Paulo, pois meu pai foi chamado a compor a Orquestra da Rádio Difusora. Tive minha primeira oportunidade na rádio, tornando-me cantora do Programa Clube Papai Noel aos 15 anos.

Com o passar do tempo, em conjunto com duas primas e minha irmã, formamos o Quarteto Dó-Ré-Mi-Fá que durou três anos. Com o fim do Quarteto formei com minha irmã uma dupla caipira chamada “Rosalinda e Florisbela”, no Programa Arraial da Curva Torta da Rádio Difusora.

Eu segui minha carreira como cantora com apresentações de sambas e bolero em boates e até gravei um disco em homenagem a Carmem Miranda com o qual fui reconhecida como estrelinha do samba. Também lancei minha primeira musica “Oh! Jose” juntamente com “Quem foi que disse”. Após isso eu abandonei minha carreira musical para somente me dedicar a radio e a televisão.

“Gracinhaaaaa!!” Também uma das minhas grandes falas na TV.

Comecei minha carreira na TV Tupi, era uma mulher imponderada, não gostava de preconceito e muito menos de censura, colocava a boca no trombone. O programa Rancho Alegre foi um dos primeiros programas que participei na TV Tupi.  Eu sentava em um balanço de parquinho infantil e fiz um dueto com o cantor Ivon Curi.

Fui a pioneira ao comandar o programa feminino que se chamava “O mundo e das Mulheres”, aonde cheguei a apresentar cinco programas por semana. Sempre tive cabelo escuro, então passei a presentar com cabelos tingidos de loiro que ficou sendo marca registrada.

Fui contratada na TV Continental para apresentar “Hebe Comanda o Espetáculo”, que foi uma edição especial lançada em disco. Na TV Record, fui ao ar pela primeira vez em programa dominical e era acompanhada pelo musico Caçulinha. O programa me consagrou como entrevistadora e me tornei líder absoluta em audiência. Na Jovem Guarda muitas personalidades e novos talentos passaram pelo meu sofá  e participaram de entrevistas descontraídas. Meus temas preferidos eram separação, erotismo, fofoca e macumba.

Depois de muito tempo afastada da TV eu retornei na TV Bandeirantes iniciando o programa Hebe que era exibido nas noites de domingo.

Após algum tempo fui para o SBT onde apresentei três programas: Hebe, Hebe por Elas e Fora do AR, também participei do Teleton no qual fui madrinha. Voltei a lançar um CD e em 2006, ano no qual comemorei o meu milésimo programa no SBT.

Sai do SBT e assinei contrato com a Rede TV onde ocupava o terceiro lugar em audiência na grande São Paulo. Meu programa possuía o mesmo formato da antiga emissora, que era exibido nas terças-feiras.

Retornei para o SBT, a casa que me consagrou e a qual tinha muito carinho, porém já com a saúde fragilizada.

Hoje nossa eterna “gracinha” está junto às estrelas e nós da Unidos de Vila Betânia nos sentimos honrados em poder homenagear está que foi um ícone do empoderamento feminino e referência em levar alegria à quem se dirigia.

Hoje na passarela virtual somos todos Hebe, a eterna “Rainha da Tv Brasileira”.

 

INFORMAÇÕES DA DISPUTA DE SAMBA:

– Escola irá encomendar a obra.

 

 

Comentários

 




    gl