Indiciado, americano que reagiu em hotel no Rio diz que racismo não será tolerado

Briga entre clientes tem nocaute em hotel de luxo no Rio e viraliza. Foto: Reprodução do Twitter

Briga entre clientes tem nocaute em hotel de luxo no Rio e viraliza. Foto: Reprodução do Twitter

O produtor cultural norte-americano HL Thompson, foi indiciado por lesão corporal ao reagir com um soco a ataques considerados racistas de um casal de hóspedes do Hotel Hilton, em Copacabana, na zona sul do Rio de Janeiro.

O americano lamentou a conclusão da Polícia Civil sobre o incidente: “Decepcionante ser considerado o agressor, depois de ser atacado”.

A confusão aconteceu no último dia 30 no saguão do hotel e foi registrada em vídeo. HL disse que o casal aparentava estar embriagado e que o tumulto começou após os dois não conseguirem passar na frente dele na fila de atendimento.

“Me chamavam de ‘nigger black guy’ porque eu não permitiria que eles me cortassem a fila. Racismo não será tolerado. Não somos nossos ancestrais, o comportamento racista não será tolerado em nenhum nível, o preto é lindo e, se isso te deixa desconfortável, isso é problema seu, não nosso. Eu amo minha pele negra e não odeio as lindas bençãos de Deus”, escreveu no Instagram.

Leia também:

+ O que o microempreendedor individual precisa saber para não perder o plano de saúde?

+ Covid-19: Queiroga diz que Brasil deve ter pico de contaminações e queda rápida

Comentários

 




    gl