Advogado diz que vai processar WhatsApp por causa de emoji

Emoji do WhatsApp. Foto: Reprodução de Internet

Emoji do WhatsApp. Foto: Reprodução de Internet

Um advogado está ameaçando processar o WhatsApp por um motivo inusitado: a existência de um emoji com o dedo do meio levantado.

O indiano Gurmeet Singh estabeleceu o prazo de 15 dias ao aplicativo antes que ele tome providências legais. Ele declarou que o emoji de dedo do meio é, além de ofensivo, um “gesto altamente agressivo, invasivo, obsceno e lascivo”, noticiou o site “News 18”.

Segundo a legislação indiana, exibir gestos obscenos e lascivos a mulheres é ilegal. Uma corte no país decidiu que materiais falsos disseminados em grupos de WhatsApp podem levar à prisão dos administradores dos grupos.

Em um documento enviado à imprensa, Singh citou o código penal indiano, incluindo trechos que afirmam a ilegalidade de mostrar gestos ofensivos ou obscenos a mulheres. E ele ainda foi além, citando que o dedo do meio é “uma ofensa grave na Irlanda”.

Até o momento, o WhatsApp não emitiu qualquer comunicado sobre o assunto.

Comentários




    gl