Ana Carolina Garcia. Foto: SRZD

Ana Carolina Garcia

Jornalista formada pela Universidade Estácio de Sá, onde também concluiu sua pós-graduação em Jornalismo Cultural. Em 2011, lançou seu primeiro livro, "A Fantástica Fábrica de Filmes - Como Hollywood se Tornou a Capital Mundial do Cinema", da Editora Senac Rio.

Top 10: as maiores bilheterias do primeiro semestre de 2019

“Vingadores: Ultimato” é a maior bilheteria da História do cinema (Foto: Divulgação).

Na última segunda-feira, dia 1o, a Disney confirmou que “Vingadores: Ultimato” (Avengers: Endgame – 2019) será relançado com cenas extras no próximo dia 11 nos cinemas brasileiros. Há quem diga que o relançamento do longa produzido em parceria com a Marvel é uma estratégia do estúdio para desbancar “Avatar” (Idem – 2009) e se tornar o campeão de bilheteria da História – o filme de James Cameron faturou US$ 2,78 bilhões. Estratégia ou não, faltam apenas US$ 22,2 milhões para que isto aconteça, pois “Vingadores: Ultimato” já soma US$ 2,76 milhões, segundo o Box Office Mojo.

 

Dirigido por Anthony e Joe Russo, “Vingadores: Ultimato” é a maior bilheteria do primeiro semestre de 2019 e, certamente, chegará ao final deste ano como campeão absoluto e exibindo o título de filme mais lucrativo da História do cinema. E uma de suas personagens é a protagonista do longa que ocupa a segunda posição do ranking até o momento, “Capitã Marvel” (Captain Marvel – 2019), de Anna Boden e Ryan Fleck. Fruto da parceria entre a Marvel e a Disney, o longa arrecadou US$ 1,12 bilhão ao redor do globo.

 

“Toy Story 4” entrou em cartaz no dia 20 de junho (Foto: Divulgação).

 

A casa do Mickey tem outros dois títulos no Top 10 do primeiro semestre deste ano: “Aladdin” (Idem – 2019), de Guy Ritchie, na terceira posição com US$ 878,4 milhões, e “Toy Story 4” (Idem – 2019), de Josh Cooley, em sexto lugar com US$ 509,6 milhões. No entanto, os números da nova aventura de Woody (voz de Tom Hanks), Buzz Lightyear (voz de Tim Allen) e companhia, vão aumentar nas próximas semanas porque o filme entrou em cartaz há poucos dias.

 

Se considerarmos a fase de transição advinda da fusão entre a Disney e a Fox, a empresa criada por Walt Disney em 1924 tem outro longa-metragem na lista, “Alita: Anjo de Combate” (Alita: Battle Angel – 2019), de Robert Rodriguez, na oitava posição com US$ 404,9 milhões.

 

A Warner Bros. é o segundo estúdio mais lucrativo do primeiro semestre de 2019, pois emplacou três títulos no Top 10: “Pokémon: Detetive Pikachu” (Pokémon Detective Pikachu – 2019), de Rob Letterman, em sétimo lugar com US$ 427,5 milhões; “Godzilla II: Rei dos Monstros” (Godzilla: King of the Monsters – 2019), de Michael Dougherty, em nono com US$ 378 milhões; e “Shazam!” (Idem – 2019), de David F. Sandberg, em 10o com US$ 364,1 milhões.

 

A Universal Studios emplacou apenas um filme dentre as 10 maiores bilheterias do ano até o momento, a animação “Como Treinar o Seu Dragão 3” (How to Train Your Dragon: The Hidden World – 2019), de Dean DeBlois. Produzido em parceria com a DreamWorks Animation, o longa arrecadou US$ 519,8 milhões, ocupando a quinta posição do ranking, ficando atrás da produção chinesa “Terra à Deriva” (Liu lang di qiu – 2019), que ficou em quarto lugar com US$ 699,8 milhões.

 

Com direção de Frant Gwo, “Terra à Deriva” é a grande surpresa do primeiro semestre. Distribuída pela Netflix, que não detém os direitos de exibição na China e não fez nenhum alarde deste longa em terras estrangeiras, nem mesmo no Brasil, esta ficção-científica mostra a força do mercado chinês para a indústria cinematográfica, responsável por alavancar diversas produções hollywoodianas, como por exemplo, “Transformers: A Era da Extinção” (Transformers: Age of Extinction – 2014), de Michael Bay, que arrecadou US$ 1,1 bilhão em todo o mundo, sendo US$ 320 milhões na China.

 

Confira o Top 10:

1. “Vingadores: Ultimato” (US$ 2,76 bilhões):

Foto: Divulgação.

Orçamento (estimado): US$ 356 milhões.

Direção: Anthony e Joe Russo.

Elenco: Robert Downey Jr. (Tony Stark / Homem de Ferro), Chris Hemsworth               (Thor), Mark Ruffalo (Bruce Banner / Hulk), Chris Evans (Steve Rogers / Capitão América), Scarlett Johansson (Natasha Romanoff / Viúva Negra), Don Cheadle (James Rhodes / Máquina de Combate), Josh Brolin (Thanos), Chris Pratt (Peter Quill / Senhor das Estrelas), Zoe Saldana (Gamora), Bradley Cooper (voz de Rocket), Vin Diesel (voz de Groot), Tom Holland (Peter Parker / Homem-Aranha), Chadwick Boseman (T’Challa / Pantera Negra), Anthony Mackie (Sam Wilson / Falcão), Sebastian Stan               (Bucky Barnes / Soldado Invernal), Idris Elba (Heimdall), Danai Gurira (Okoye), Benedict Cumberbatch (Doutor Estranho), Elizabeth Olsen (Wanda Maximoff / Feiticeira Escarlate), entre outros.

Sinopse: Ambientado após os eventos de “Vingadores: Guerra Infinita” (Avengers: Infinity War – 2018), o longa mostra as consequências do estalar de dedos de Thanos, colocando os Vingadores sobreviventes numa jornada de redenção e vingança, que surge por meio de uma viagem no tempo.

 

2. “Capitã Marvel” (US$ 1,12 bilhão):

Foto: Divulgação.

Orçamento (estimado): US$ 152 milhões.

Direção: Anna Boden e Ryan Fleck.

Elenco: Brie Larson (Carol Danvers / Capitã Marvel), Samuel L. Jackson (Nick Fury), Ben Mendelsohn (Talos / Keller), Annete Benning (Dra. Wendy Lawson), Jude Law (         Yon-Rogg), Lee Pace (Ronan), Lashana Lynch (Maria Rambeau), entre outros.

Sinopse: Ambientada em 1995, a trama conta a história pregressa de Carol Danvers / Capitã Marvel desde os tempos em que trabalhava como piloto da Força Aérea até se tornar uma super-heroína e partir numa perigosa missão com Nick Fury.

 

 

 

 

 

3. “Aladdin” (US$ 878,3 milhões):

Foto: Divulgação.

Orçamento (estimado): US$ 183 milhões.

Direção: Guy Ritchie.

Elenco: Mena Massoud (Aladdin), Naomi Scott (Jasmine), Will Smith (Gênio), Marwan Kanzri (Jafar), Navid Negahban (Sultão), entre outros.

Sinopse: Na trama, Jasmine é a princesa de Agrabah e precisa se casar para honrar o legado de seu pai, o Sultão, uma vez que as leis do país não permitem que uma mulher herde o trono. Em meio a diversas apresentações de príncipes, Jasmine conhece um rapaz pobre que ganha a vida realizando pequenos furtos, Aladdin, que é obrigado por Jafar, o Vizir do Sultão, a roubar a lâmpada de uma caverna para que o Gênio realize todos os seus desejos, principalmente o de se tornar Sultão de Agrabah.

 

 

 

4. “Terra à Deriva” (US$ 699,8 milhões):

Foto: Divulgação.

Orçamento (estimado): US$ 48 milhões.

Direção: Frant Gwo.

Elenco: Jing Wu (Liu Peiqiang), Chuxiao Qu (Liu Qi), Guangjie Li (Wang Lei), Man-Tat Ng (Han Ziang), Jin Mai Jaho (Han Duoduo), entre outros.

Sinopse: Na trama baseada no livro homônimo de Liu Cixin, a Terra está sentindo os efeitos da degeneração e expansão do Sol, obrigando a união de governos de todo o mundo no chamado Governo da Terra Unida (GTU). Num cenário pós-apocalíptico no qual o planeta é deslocado por meio de propulsores, o GTU tenta preservar parte da humanidade não apenas em cidades subterrâneas, uma vez que o planeta sofre com baixas temperaturas, como também no Projeto da Terra Migratória, que tem como base a Plataforma Espacial de Navegação, onde profissionais de diversas nacionalidades trabalham, inclusive o astronauta Liu Peiqiang. Comemorando a aposentadoria e sua volta à Pequim para reencontrar a família, Peiqiang se depara com a iminente colisão da Terra com Júpiter no momento em que seu filho, Liu Qi, foge para a superfície gelada, colocando-se em perigo e caindo de paraquedas em uma missão militar.

 

5. “Como Treinar o Seu Dragão 3” (US$ 519,8 milhões):

Foto: Divulgação.

Orçamento (estimado): US$ 129 milhões.

Direção: Dean DeBlois.

Elenco: Jay Baruchel (voz de Soluço), America Ferrera (voz de Astrid), F. Murray Abraham (voz de Grimmel), Cate Blanchett (voz de Valka), Jonah Hill (voz de Snotlout), entre outros.

Sinopse: Sonhando com a convivência pacífica entre humanos e dragões, fazendo de Berk um exemplo a ser seguido, Soluço reúne seus amigos e parte numa missão para resgatar dragões e evitar que caçadores liderem uma matança desenfreada. Mas sua missão acaba chamando a atenção de Grimmel, que deseja capturar Banguela.

 

 

 

 

 

6. “Toy Story 4” (US$ 509,6 milhões):

Foto: Divulgação.

Orçamento (estimado): US$ 200 milhões.

Direção: Josh Cooley.

Elenco: Tom Hanks (voz de Woody), Tim Allen (voz de Buzz Lightyear), Annie Potts (voz de Bo Peep), Tony Hale (voz de Garfinho), Madeleine McGraw (voz de Bonnie), John Morris (voz de Andy), Christina Hendricks (voz de Gabby Gabby), Jordan Peele (voz de Bunny), Keanu Reeves (voz de Duke Caboom), entre outros.

Sinopse: A trama começa nove antes de Andy doar seus brinquedos a Bonnie, lembrando como o menino era zeloso com seus “melhores amigos”. Já sob os cuidados de Bonnie, a turminha para lá de unida sofre ao perceber que Woody tem sido esquecido com frequência nas brincadeiras. Tentando recuperar a atenção da menina, Woody a acompanha ao colégio no primeiro dia de aula, ajudando-a, sem ser notado, a criar o Garfinho, que foge durante uma viagem da família e obriga o velho caubói a resgatá-lo. E é durante a missão de resgate que Woody reencontra seu antigo amor, Bo Peep, Beth na versão brasileira, que embarca numa nova aventura cuja vilã é Gabby Gabby.

 

7. “Pokémon: Detetive Pikachu” (US$ 427,5 milhões):

Foto: Divulgação.

Orçamento (estimado): US$ 150 milhões.

Direção: Rob Letterman.

Elenco: Justice Smith (Tim Goodman), Bill Nighy (Howard Clifford), Kathryn Newton (Lucy Stevens), Ryan Reynolds (voz de Pikachu), Ken Watanabe (Tenente Hide Yoshida), entre outros.

Sinopse: Na trama, Tim Goodman viaja para Ryme City após o acidente que envolveu o seu pai, que investigava as operações do laboratório de Pesquisa Genética Pokémon, de propriedade de Howard Clifford. Na cidade, Tim conhece Pikachu e a aspirante a repórter Lucy Stevens, que o ajudam a procurar pelo detetive enquanto lidam com a ameaça do Soro R, que transforma os Pokémons em criaturas que representam risco à população.

 

 

 

 

8. “Alita: Anjo de Combate” (US$ 404,9 milhões):

Foto: Divulgação.

Orçamento (estimado): US$ 170 milhões.

Direção: Robert Rodriguez.

Elenco: Rosa Salazar (Alita), Christoph Waltz   (Dr. Dyson Ido), Jennifer Connelly (Chiren), Mahershala Ali       (Vector), Ed Skrein (Zapan), entre outros.

Sinopse: Alita é uma ciborgue que possui grandes habilidades em artes marciais, mas não lembra nada sobre o seu passado, o que a leva numa busca pela verdade enquanto trabalha como caçadora de recompensas.

 

 

 

 

 

 

9. “Godzilla II: Rei dos Monstros” (US$ 378 milhões):

Foto: Divulgação.

Orçamento (estimado): US$ 170 milhões.

Direção: Michael Dougherty.

Elenco: Kyle Chandler (Mark Russell), Vera Farmiga (Dra. Emma Russell), Millie Bobby Brown (Madison Russell), Ken Watanabe (Dr. Ishiro Serizawa), Ziyi Zhang (Dra. Ilene Chen / Dra. Ling), Bradley Whitford (Dr. Rick Stanton), Sally Hawkins (Dra. Vivienne Graham), entre outros.

Sinopse: Ambientado cinco anos após os eventos de “Godzilla” (Idem – 2014), o longa mostra os integrantes da Monarch tentando uma aliança com Godzilla após a aparição de vários monstros.

 

 

 

 

 

10. “Shazam!” (US$ 364,1 milhões):

Foto: Divulgação.

Orçamento (estimado): US$ 100 milhões.

Direção: David F. Sandberg.

Elenco: Asher Angel (Billy Batson), Djimon Hounsou (Mago), Mark Strong (Dr. Thaddeus Sivana), Zachary Levi (Shazam),                 Jack Dylan Grazer (Freddy Freeman), Faithe Herman (Darla Dudley), Grace Fulton (Mary Bromfield), Ian Chen (Eugene Choi), Jovan Armand (Pedro Peña), entre outros.

Sinopse: No longa, Billy Batson é um jovem de 14 anos que vive em casas de acolhimento desde que se perdeu da mãe num parque de diversões. Tendo como missão encontrar sua progenitora, o adolescente é surpreendido ao ser escolhido por um misterioso mago para assumir seus poderes e, consequentemente, a responsabilidade de zelar pela humanidade, o que o coloca diante do perigo personificado pelo Dr. Thaddeus Sivana no momento em que está aprendendo a lidar com os poderes e sua nova forma física, a de um homem adulto, o Shazam.

 

 

 

Leia também:

‘Toy Story 4’ abre com US$ 118 milhões nos EUA

‘Vingadores: Ultimato’: Marvel anuncia relançamento com cenas extras

‘Terra à Deriva’: produção chinesa é a terceira maior bilheteria do ano

‘Aladdin’ abre com US$ 112 milhões nos EUA

‘Precisou dos Vingadores para afundar o meu Titanic’, diz James Cameron

Comentários




    gl