Reinaldo, o ‘Príncipe do Pagode’, morre aos 65 anos

Reinaldo. Foto: Reprodução de Internet

Após quatro anos lutando contra um câncer no pulmão, o cantor Reinaldo Gonçalves Zacaria, mais conhecido como “Príncipe do Pagode“, morreu no fim do último domingo (17), aos 65 anos, em São Paulo, onde tratava da doença.

Reinaldo havia completado 65 anos no último dia 9 de novembro. Apesar do tratamento, seguia ativamente sua agenda de shows nos últimos meses.

Nascido no bairro de Cavalcanti, na Zona Norte do Rio, Reinaldo Gonçalves Zacarias trabalhou como bancário até o começo da década de 1980, quando abandonou o emprego para abraçar o pagode.

Seu reconhecimento veio ao integrar o grupo “O Samba Nosso de Cada Dia”, quando dividiu palco com cantores consagrados como João Nogueira e Dona Ivone Lara.

Reinaldo. Foto: Reprodução de Internet
Reinaldo. Foto: Reprodução de Internet

Nos anos 1980, ganhou o apelido de “O Príncipe do Pagode” de uma rádio carioca. Entre as canções que gravou, se destacam como grandes sucessos “Retrato Cantado de um Amor“, “Agora Viu que Perdeu e Chora“, “Sonhos“, “Inigualável Paixão” e “Trapaças do Amor“.

Nas redes sociais, sambistas, amigos e fãs lamentam a morte do músico. Aberto ao público, o enterro aconteceu no cemitério Bela Vista, em Osasco.

Comentários




    gl