Morre Rubens Ewald Filho, crítico de cinema mais famoso do Brasil

Rubens Ewald Filho. Foto: Reprodução de Internet

Rubens Ewald Filho. Foto: Reprodução de Internet

O crítico de cinema Rubens Ewald Filho morreu nesta quarta-feira (19) aos 74 anos. Ele estava internado no Hospital Samaritano, em Higienópolis, na região central de São Paulo, desde maio, quando sofreu um desmaio em um shopping da capital e caiu na escada rolante. Ewald passou por tratamento cardiológico e das fraturas decorrentes da queda.

Entre os críticos, ganhou o título de “senhor Oscar”. Por seu grande conhecimento do cinema norte-americano, e do seu sistema de premiação, Rubens Ewald Filho foi escritor e mestre de cerimônias em diversas emissoras de televisão para comentar a transmissão da cerimônia do Oscar. Passou pela Rede Globo e sua casa mais recente foi o canal por assinatura TNT.

Nascido em Santos, Rubens Ewald Filho era um dos maiores especialistas em cinema do Brasil. Dizia ter assistido a mais de 37 mil filmes, o que fez ser dono de uma memória cinematográfica infalível.

Em seu currículo, contabiliza trabalhos como roteirista de novelas como “Gina”, “Éramos Seis”, “Drácula, Uma História de Amor” e “Iaiá Garcia”, entre outras. Também, como ator, fez participações em filmes como “Independência ou Morte” e “Amor Estranho Amor”. Foi diretor de programação e produção da HBO no Brasil e apresentador de programas em emissoras como TV Cultura, Record, SBT e Band.

Comentários




    gl