Livro ‘O Extermínio da Juventude Negra’ chega às prateleiras

Livro. Foto: Reprodução

A obra “O Extermínio da Juventude Negra” chama a atenção para os dados estatísticos que mostram um colossal número de pessoas da mesma extração social, faixa etária e etnia sendo cotidianamente aniquilada. A juventude negra ou quase negra de tão pobre tem feito parte de mais da metade do número de mortos.

Lançado pela Editora Revan, o livro é fruto da dissertação de mestrado do professor de Direito Penal Processual Rômulo Fonseca Morais. A tese, sob orientação de Jean François Yves Deluchey, faz parte do Programa de Pós-Graduação em Direito, curso de Mestrado, da Universidade Federal do Pará.

Livro 'O Extermínio da Juventude Negra' . Foto: Reprodução de Internet
Livro ‘O Extermínio da Juventude Negra’ . Foto: Reprodução de Internet

Segundo o professor, a parte mais visível dessa prática de extermínio pode ser constatada na atuação do sistema penal, principalmente, na intensa criminalização da juventude no atual estágio do neoliberalismo: “Partindo do pressuposto de que não há extermínio sem a construção de discursos que o legitime (“discursos de verdade que podem matar”, segundo Foucault), a pesquisa tem como problema principal saber como a prática de extermínio da juventude negra se processa e é legitimado através dos discursos em torno da vida dos jovens no Brasil. Usando como chave de leitura os aportes da criminologia crítica e do biopoder, pretendemos analisar como se (re)produzem esses discursos no corpo social e em uma instituição (justiça da infância e juventude), bem assim como operam na legitimação da morte, convertendo-se em discursos que matam”.

Rômulo Fonseca Morais trabalha na perspectiva de uma criminologia brasileira, vivida e pensada a partir da realidade do “lugar”, do conceito de Milton Santos. Para debruçar-se sobre o extermínio da juventude popular em seu Estado, o autor atira-se em uma ampla bibliografia, que não só lê, como retifica e critica. O jovem autor é um leitor voraz, que articula de forma extremamente competente os autores marxistas como Foucault e Deleuze, traduzindo antropofagicamente argumentos deslegitimantes da pena para nossos “moinhos de gastar gente”, trecho do prefácio assinado por Vera Malaguti, mestre em História Social pela Universidade Federal Fluminense – UFF.

Sobre o autor

Professor de Direito Processual Penal na Escola Superior Madre Celeste (ESMAC); Mestre em Direito pelo Programa de Pós Graduação em Direito da Universidade Federal do Pará (Linha de Pesquisa: Intervenção Penal, Segurança Pública e Direitos Humanos); Coordenador e Membro-Fundador do Grupo Cabano de Criminologia (GCCRIM); Pesquisador do Centro de Estudos sobre Instituições e Dispositivos Punitivos (CESIP) vinculado ao CNPq/PPGD/UFPA e colaborador do Centro de Defesa da Criança e do Adolescente (CEDECA-PA).

Livro – O Extermínio da Juventude Negra
Autor: Rômulo Fonseca Morais
ISBN: 9788571066250
Idioma: Português
Edição: 1ª
Número de Páginas: 272
Formato: 14 X 21 X 1
Valor: R$ 58
Editora Revan

Comentários




    gl