Jorge e Mateus atingem 3 milhões de visualizações em show via internet com recado de Mandetta

Jorge e Mateus atingem 3 milhões de visualizações em show via internet. Foto: Reprodução de Internet

Na noite deste sábado (4) a dupla Jorge e Mateus fez um show especial em Goiânia por meio de uma transmissão ao vivo na internet. A exibição foi sucesso absoluto. Em apenas 10 minutos, os cantores já haviam quebrado o recorde mundial de visualizações simultâneas: cerca de 3 milhões.

Com o nome de “Na Garagem”, a apresentação teve como destaque durante 4 horas, os principais clássicos da carreira dos artistas e arrecadação de toneladas de donativos para para instituições de caridade.

Por meio de um QR code disponibilizado durante toda a transmissão no canal Like da Claro, os espectadores puderam fazer doações para o “Fome de Música”, projeto que pretende arrecadar e destinar alimentos a quem mais precisa. No próximo dia 12 de abril, domingo de Páscoa, o “Fome de Música” vai promover um festival com grandes nomes da música nacional como marco de lançamento da plataforma. O line up será divulgado nos próximos dias.

Mandetta participa de live e reforça pedido de isolamento social

O ministro da Saúde, Luiz Mandetta, enviou uma mensagem para os músicos agradecendo a atitude deles em levar diversão, mesmo nesse período de quarentena.

“É importante que a música chegue, mas é importante não aglomerar. O show não pode parar, mas a aglomeração tem que parar. A gente precisa agora proteger um ao outro e o sistema de saúde se preparar para, no momento certo, a gente poder se abraçar”, disse no vídeo o ministro ao defender que as pessoas mantenham o distanciamento social.

Em live de Jorge e Mateus, Mandetta manda recado. Foto: Reprodução
Em live de Jorge e Mateus, Mandetta manda recado. Foto: Reprodução

Durante a semana, Mandetta mostrou preocupação com o sistema de saúde, sobretudo pela escassez de Equipamentos de Proteção Individual (EPIs). Ele revelou em diversas entrevistas coletivas que está tendo dificuldades para adquirir os itens no mercado externo, por causa da forte concorrência de outros países.








Comentários




    gl