Sintonia da galera com itens marca segundo ensaio técnico do Boi Caprichoso

Segundo ensaio de arena do Caprichoso no Curral. Foto: Pedro Coelho, Arleison Cruz e Glenda Dinely

Interação da galera, marcação de entrada de itens, repertório empolgante e cronometragem do tempo de apresentação marcaram a segunda noite de ensaio técnico de arena do Boi-Bumbá Caprichoso, no curral Zeca Xibelão, nesta terça-feira (18). Cada item julgado no Festival Folclórico de Parintins foi observado pelo Conselho de Artes e Direção de Arena, em busca da perfeição do espetáculo “Um Canto de Esperança para Mátria Brasilis”.

O presidente do Caprichoso, Babá Tupinambá, afirma que o ensaio técnico é o momento de ajustar a grandiosidade do projeto boi de arena 2019. “Estamos focados no tricampeonato. Esse é o nosso caminho, com seriedade, compromisso e muita alegria em brincar boi-bumbá. A responsabilidade é grande da diretoria e do Conselho de Artes terminar essa trilogia com a vitória. Vamos nos doar e fazer o máximo pelo título. Procuramos observar os detalhes, os erros, os acertos.”

O apresentador Edmundo Oran se sentiu confiante com o desempenho dos itens e com a força do repertório musical. “Podemos acertar detalhes estratégicos. Fiquei muito feliz com o resultado, com a vibração da galera, com a Marujada de Guerra afinada e todos os itens em sintonia com o espetáculo.”

Galeria de fotos:

Comentários




    gl