Áudio causa polêmica nos bastidores de Parintins e Caprichoso ameaça não entrar na arena

Bois Garantido e Caprichoso disputam o Festival Folclórico de Parintins nos dias 28, 29 e 30 de junho. Foto: Euzivaldo Queiroz

Um áudio divulgado em redes sociais causou a maior confusão nos bastidores do Festival de Parintins 2019. O conteúdo polêmico foi repudiado por ambos os bois. O Garantido acusou o Caprichoso de querer desestabilizar seu adversário. O bumbá azul, por sua vez, ameaçou não entrar na arena do Bumbódromo, nos dia 28, 29 e 30 de junho, caso seja comprovada tentativa de fraudar o resultado da festa.

A gravação mostra uma suposta conversa do ex-pajé do Boi Garantido, André Nascimento, com uma pessoa desconhecida. No áudio, André diz que sua saída do cargo no bumbá, assim como a dispensa do ex-amo do boi Tony Medeiros, estava atrelada a um pedido de Armando do Valle à diretoria do Garantido. Na gravação, André diz que precisou sair do cargo “para levar um boi campeão para arena”. No áudio, também há criticas ao novo pajé do Garantido, Adriano Paketá.

Figura conhecida nos bastidores do Festival de Parintins, Armando integra um grupo acusado, em edições anteriores do Festival, de manipulação de resultado. Do Valle já esteve em ambos os bumbás. A última polêmica envolvendo participação do seu grupo foi em 2015, quando vazaram áudios de supostas conversas de diretores do Boi Caprichoso sobre notas que jurados dariam em favor do azul. Naquele ano, o Caprichoso foi campeão.

Ex-pajé confirma voz no áudio, mas afirma que foi montagem

Logo após a divulgação da gravação em redes sociais, o ex-pajé e atual coordenador de itens oficiais do Garantido, André Nascimento, divulgou um vídeo de pronunciamento sobre a polêmica. Ele disse que é a voz no áudio é sua, mas o conteúdo completo da gravação é montado e editado.

“Nesse áudio eu estou narrando o que meu irmão me contou do que falaram pra ele. Não estou afirmando nada. Isso que eu saí do boi por isso e aquilo é uma história mentirosa. Esse áudio está editado, tem montagem. E por ser uma coisa ilegal, já estou acionando meus advogados para processar”, afirmou André Nascimento.

Garantido se solidariza com André e acusa ‘boi contrário’

O bumbá vermelho, por meio do presidente Fábio Cardoso e vice Messias Albuquerque, emitiu nota oficial onde acusou dirigente do Caprichoso da divulgação do áudio montado e disse “que isso expõe o desespero de perdedor do boi adversário”. O Garantido também se solidarizou com André Nascimento e afirmou que apoiará o ex-pajé em processos civis e criminais por ‘fake news’.

Confira a nota:

A Diretoria do Boi Bumbá Garantido vem a público Repudiar, veementemente, a divulgação feita pelo dirigente do boi contrário de um áudio, com montagem grosseira, nas redes sociais, sobre uma história mentirosa criada referente à saída de ex itens oficiais desta agremiação.

O Boi Garantido está apoiando o seu ex-pajé, André Nascimento, atual coordenador de itens oficiais, para acionar a Polícia e processar Civil e Criminalmente os envolvidos por esta Fake News. André Nascimento já gravou um vídeo esclarecendo e denunciando o crime.

O Boi Garantido também se solidariza ao ‘pajé dos pajés’ André Nascimento diante desta montagem, com conteúdo falso, com intuito de denegrir sua imagem e sua honra.

A Diretoria esclarece ainda que isso expõe o desespero de perdedor do boi adversário, diante de uma Alvorada contagiante, a melhor de todos os tempos, que representa a força e a união da Nação Vermelha rumo à vitória, em 2019.

Caprichoso pede apuração e ameaça não participar do Festival

Já presidente do Caprichoso, Babá Tupinambá, ficou surpreso e revoltado com o áudio que aponta indícios de suposto esquema comandado por Armando do Valle. O bumbá azul também emitiu nota oficial e pediu apuração minuciosa e rigorosa do conteúdo da gravação. O Caprichoso ameaçou não entrar na arena do Bumbódromo, no último final de semana de junho, caso fique provada tentativa de fraudar o resultado do Festival de Parintins 2019.

Confira a nota:

Nação Azul e Branca!

Hoje fui surpreendido com os áudios divulgados em redes sociais, que voltam a tratar de possíveis negociatas em bastidores do Festival, envolvendo nomes de pessoas conhecidas nessa trama. No áudio, a suposta voz do ex-pajé do boi contrário revelaria o verdadeiro motivo da saída de André Nascimento e Tony Medeiros de seus respectivos cargos, como forma de facilitar uma vitória em bastidores.

Eu trato aqui a voz como supostamente sendo do ex-pajé, mas ele mesmo, em vídeo, confirmou se tratar da voz dele, portanto, ele confirma a veracidade da voz.

Não cabem acusações nesse momento, mas informo que nossa postura será de solicitar e buscar a apuração minuciosa e rigorosa desse áudio, pois não aceitaremos trama contra o Boi Caprichoso.

De antemão, informo que se for comprovado que existe esquema de bastidores do Festival para prejudicar o Boi Caprichoso, nos recusaremos a entrar na arena do Bumbódromo.

Repudio e contesto veementemente as declarações mentirosas do boi contrário de atribuir a mim a divulgação de áudios, já que fiquei sabendo da mesma forma que a maioria das pessoas, em aplicativo de mensagens instantâneas. Isso nada mais é que uma tentativa de tirar o foco da gravidade do conteúdo explícito no áudio.

Se tem alguém desesperado não é o Boi Caprichoso, pois o Caprichoso é BiCampeão do Festival e estamos trabalhando pelo tricampeonato. Se tem alguém desesperado não é a galera do Caprichoso que ganha há 8 anos, não é a marujada que ganha há 8 anos.

Ao boi contrário aviso, continuem a comemorar a Alvorada, pois minha preocupação é com a arena e é lá que mais uma vez seremos Tricampeões. Suas lágrimas continuarão a fazer o nível do rio Amazonas subir.

À nossa galera azul e branca, eu asseguro que faremos o que for preciso, dentro da legalidade, para impedir que o contrário manche mais uma vez o Festival de Parintins. Nosso compromisso é com vocês, de entregar um Boi Tricampeão.

Estamos trabalhando arduamente, dia e noite, para que a disputa seja na arena, e não fora dela. Temos que ter respeito à população, ao visitante, aos patrocinadores, aos sócios e aos torcedores e o Boi Caprichoso respeita. Queremos um Festival de alto nível, idôneo e transparente e não aceitamos menos que isso.

Comentários




    gl