‘Essa chama que o ódio não apaga’ – Por Rachel Valença

Império Serrano. Foto: Divulgação

Império Serrano. Foto: Divulgação

O Império Serrano, escola onde estou há 46 anos, é, abaixo de minha família, o que de mais importante existe para mim no mundo. Sem ele, minha vida não seria completa e não haveria felicidade possível.

Portanto, retrato-me aqui do texto que publiquei neste espaço em 15 de fevereiro, escrito na véspera, sob o impacto do resultado do Carnaval de 2018. O Império Serrano é grande em qualquer grupo em que esteja. Meu maior desejo é estar sempre com ele.

Agradeço aos zelosos membros do Conselho Deliberativo por me haverem concedido a graça de publicar esta retratação.

Comentários




    gl