Eduardo Ritschel. Foto: Divulgação

Eduardo Ritschel

Formado em Jornalismo e Administração de Empresas, atua há mais de 25 anos como consultor de comunicação para empresas em diversos segmentos, com destaque para as áreas de Educação e Saúde.

Professores recebem prêmio do MEC por Educação Empreendedora

Educadores destacaram-se pelo incentivo a práticas de empreendedorismo em suas escolas

Várias iniciativas estão evidenciando a importância de desenvolver entre alunos a capacidade de empreender (leia também “Estudantes vencem competição de empreendedorismo tecnológico”). Seja pelo ambiente que a tecnologia e seus aplicativos oferecem, seja pelas demandas futuras do mercado de trabalho, este é um desafio para o sistema de educação atual.

Uma prova disso é a criação da categoria Educação Empreendedora para o Prêmio Professores do Brasil, criado pelo Ministério da Educação (MEC) em 2005. Sugerida pelo Sebrae (Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas), a iniciativa vai homenagear pela primeira vez seis educadores que se destacaram pelo incentivo a práticas de empreendedorismo em suas escolas. A premiação acontecerá no dia 29 de novembro no SESI do Rio de Janeiro.

Os professores distinguidos nessa categoria vão receber do Sebrae uma oportunidade de estudos para qualificação. Os projetos vencedores são dos professores Elionaldo Bringel de Lima, de Juazeiro (BA); Sande Plyana Silva Almeida, de Montes Claros (MG); Cristiane Juvêncio da Silva, de Varginha (MG); Sérgio José Batista Gomes, de Pará de Minas (MG); Maria Ester Centurião Garcia, de Campo Grande, e Gonçalo Lopes da Silva Neto, de Piracuruca (PI). Todos eles receberão do Sebrae a possibilidade de fazer cursos de reciclagem em nível nacional.

Executar, aprender, comprometer-se e ter responsabilidade
Segundo a especialista em educação empreendedora do Sebrae, Rejane Risuenho, “a cultura empreendedora é aquela que dá ao indivíduo as ferramentas para tirar as ideias do papel, que confere a capacidade de inovar, de liderar e inspirar a coletividade em que se vive. Em outras palavras, educar para empreender significa formar pessoas protagonistas, que executam, que aprendem com os próprios erros e que tem um grau elevado de comprometimento e responsabilidade”.

O Prêmio Professores do Brasil envolveu este ano 4.040 educadores inscritos, número superior ao de 2017. O concurso pretende reconhecer e premiar o trabalho de docentes que contribuem para a melhoria dos processos de ensino e aprendizagem desenvolvidos nas salas de aula.

Prêmio Professores do Brasil

Comentários




mais notícias

    gl