Eduardo Ritschel. Foto: Divulgação

Eduardo Ritschel

Formado em Jornalismo e Administração de Empresas, atua há mais de 25 anos como consultor de comunicação para empresas em diversos segmentos, com destaque para as áreas de Educação e Saúde.

Lançado primeiro curso de graduação à distância para formação de produtor cervejeiro

Diogo Henrique Hendges, coordenador do curso, e Janes Fidélis, pró-reitor da universidade.

Produzir cerveja pode deixar de ser um hobby para virar uma profissão com graduação tecnológica e certificado de ensino superior. E o curso é aberto a participantes em todo o Brasil por meio de sistema de Educação à Distância (EAD). A novidade foi anunciada pelo grupo de ensino superior Unicesumar, que passa a oferecer a partir de 2019 o primeiro curso tecnólogo de Educação a Distância do país para formação de produtor cervejeiro.

Os participantes vão aprender sobre pesquisas de novos sabores, técnicas de uso de ingredientes especiais, processos para a preparação da bebida, além de participar de disciplinas que tratam de empreendedorismo, modelos de negócio e inovação, mercado cervejeiro, fomento financeiro para micro e pequenas empresas, gestão de compras, estoques e aspectos legais para cervejarias. “No curso de produção cervejeira, o aluno terá todo o embasamento teórico e prático necessários para sair das nossas salas de aula e assumir a produção de uma cervejaria”, explica o pró-reitor de ensino da EAD Unicesumar, Janes Fidélis.

O mercado de trabalho para o tecnólogo em Produção Cervejeira está em expansão, o que possibilita ao profissional atuar na produção de cervejas e gestão da produção em cervejarias e bares que produzem a própria cerveja, como consultor em processos para o mercado cervejeiro, como distribuidor de bebidas, além de poder conduzir o projeto da sua própria marca, sua própria cervejaria.

O Curso acabou de ser autorizado pelo Ministério da Educação (MEC) (Resolução CONSUNI nº 27, de 28 de setembro de 2018). “Nosso time de professores possui ampla experiência de mercado. Eles são os próprios autores dos materiais didáticos que contam com recursos de realidade aumentada, games interativos, entre outras ferramentas”, conta Janes Fidélis, ele também um apreciador de produção de cerveja.

Os estudantes contarão com muitas atividades práticas e atividades ao vivo ministradas por docentes e convidados. A coordenação do curso é de Diogo Henrique Hendges, Doutor em Ciências com habilitação em Biotecnologia Industrial, pela Universidade de São Paulo (USP) – Escola de Engenharia de Lorena (EEL).

EAD
A universidade desenvolveu uma plataforma de educação a distância, investindo em equipamentos e estrutura para proporcionar a condição de assistir as aulas no lugar que o aluno preferir e na hora que desejar. A instituição também conta com 400 polos distribuídos em vários pontos do Brasil para apoiar as atividades presenciais.
Assim o mestre cervejeiro de fim de semana poderá se qualificar para buscar uma oportunidade de negócio, transformando paixão em profissão.

Comentários




mais notícias

    gl