Clarimundo Flôres. Foto: Nicolas Renato Photography

Clarimundo Flôres

Carioca, formado em jornalismo e profundo apreciador de cerveja. Dedicou quase seus cerca de 20 anos de profissão atuando, essencialmente, nas áreas de economia e política, mas também com passagens pelo meio ambiente e de hotéis, restaurantes e gastronomia.

Cachaça do Rio ganha prêmio em concurso internacional em Londres

Cachaça de Campos recebeu medalha de prata no concurso

A Cachaça Tellura, de Campos dos Goytacazes (RJ), ganhou medalha de prata na “International Wine & Spirit Competition (IWSC) 2019”, competição anual criada em 1969 pelo químico Anton Massel, que é referência mundial na avaliação de vinhos e bebidas destiladas.  O resultado foi anunciado nesta terça-feira, dia 30 de julho, em Londres, e as Cachaças Tellura Prata e Tellura Jequitibá foram as premiadas no concurso.

A cada ano, a competição recebe inscrições de mais de 90 países em todo o mundo. As avaliações foram realizadas por cerca de 400 especialistas globais, que julgam as bebidas participantes durante sete meses do ano. O IWSC é organizado de modo que todos os vinhos e bebidas sejam provados às cegas, por isso as garrafas e formas permanecem desconhecidas durante as avaliações.

Outro grande destaque alcançado no último mês pela Cachaça Tellura foi o duplo ouro, recebido pela Tellura Prata na International Taste & Quality Institute (iTQi) de Bruxelas – através do prêmio “Superior Taste Award” (Prêmio de Sabor Superior). Ainda este ano, a Cachaça Tellura Amburana também ganhou medalha de ouro na categoria madeiras brasileiras, durante concurso da Expocachaça 2019, conquistando a maior pontuação na categoria.

Comentários




    gl