Ana Carolina Garcia. Foto: SRZD

Ana Carolina Garcia

Jornalista formada pela Universidade Estácio de Sá, onde também concluiu sua pós-graduação em Jornalismo Cultural. Em 2011, lançou seu primeiro livro, "A Fantástica Fábrica de Filmes - Como Hollywood se Tornou a Capital Mundial do Cinema", da Editora Senac Rio.

‘WiFi Ralph: Quebrando a Internet’ segue na liderança nos EUA

“WiFi Ralph: Quebrando a Internet” tem estreia prevista para 03 de janeiro no Brasil (Foto: Divulgação).

Nova animação da Disney, “WiFi Ralph: Quebrando a Internet” (Ralph Breaks the Internet – 2018) caiu 54,2%, mas segue na primeira posição do ranking das bilheterias norte-americanas com US$ 25,7 milhões, segundo o Box Office Mojo. Ao todo, o filme dirigido por Rich Moore e Phil Johnston já arrecadou US$ 206,9 milhões nos países onde está em cartaz. No Brasil, o longa tem estreia prevista para 03 de janeiro.

 

“O Grinch” (Dr. Seuss’ the Grinch – 2018) e “Creed II” (Idem – 2018) protagonizaram uma disputa acirrada pelo segundo lugar do ranking do último final de semana. E quem levou a melhor foi a animação, que faturou US$ 17,7 milhões. Mundialmente, o filme de Yarrow Cheney e Scott Mosier soma US$ 268,3 milhões.

 

Logo atrás, “Creed II” conseguiu 16,8 milhões, apresentando uma queda de 52,7% em relação à semana anterior. Com lançamento previsto para 24 de janeiro nos cinemas brasileiros, a nova incursão de Michael B. Jordan pelo universo de Rocky Balboa, criado por Sylvester Stallone em 1976, já arrecadou US$ 92,5 milhões nos países onde já estreou.

 

Com direção de David Yates, “Animais Fantásticos: Os Crimes de Grindelwald” (Fantastic Beasts: The Crimes of Grindelwald – 2018) se manteve na quarta posição com US$ 11,2 milhões, apresentando queda de 61,9%. Mundialmente, o filme baseado na obra de J.K. Rowling soma US$ 519,6 milhões em todo o mundo.

 

Assim como “Animais Fantásticos: Os Crimes de Grindelwald”, “Bohemian Rhapsody” (Idem – 2018) manteve a mesma posição da semana anterior. Dirigida por Bryan Singer, a cinebiografia de Freddie Mercury ficou em quinto lugar com US$ 8,1 milhões e já totaliza US$ 539,5 milhões ao redor do globo.

Comentários




mais notícias

    gl