Ana Carolina Garcia. Foto: SRZD

Ana Carolina Garcia

Jornalista formada pela Universidade Estácio de Sá, onde também concluiu sua pós-graduação em Jornalismo Cultural. Em 2011, lançou seu primeiro livro, "A Fantástica Fábrica de Filmes - Como Hollywood se Tornou a Capital Mundial do Cinema", da Editora Senac Rio.

‘Vingadores: Ultimato’: bilheteria ultrapassa a de ‘Titanic’ em apenas duas semanas

“Vingadores: Ultimato” é a maior bilheteria da História do cinema (Foto: Divulgação).

Há duas semanas em cartaz, “Vingadores: Ultimato” (Avengers: Endgame – 2019) segue quebrando recordes de arrecadação ao redor do globo. Dirigido pelos irmãos Anthony e Joe Russo, o longa já faturou US$ 2,192 bilhões, tirando “Titanic” (Idem – 1997) da segunda posição do ranking das maiores bilheterias da História.

 

De acordo com o Box Office Mojo, o filme que mostra as consequências do estalar de dedos de Thanos (Josh Brolin) ao final de “Vingadores: Guerra Infinita” (Avengers: Infinity War – 2018), também dirigido pelos irmãos Russo, desbancou o longa de James Cameron, que ocupava a vice-liderança há 22 anos. A diferença é que “Vingadores: Ultimato” atingiu a marca bilionária em sua segunda semana em cartaz, enquanto “Titanic” demorou 41 semanas para totalizar US$ 2,187 bilhões em bilheterias mundiais.

 

Por enquanto, a primeira posição pertence a outro título dirigido por James Cameron, “Avatar” (Idem – 2009), com US$ 2,787 bilhões arrecadados ao longo de 34 semanas em exibição. A dúvida agora é em quantos dias “Avatar” será “derrotado” por “Vingadores: Ultimato”, que está a pouco mais de US$ 595 milhões de se tornar o maior campeão de bilheteria da História do cinema.

 

Leia também:

‘Vingadores: Ultimato’: abertura ultrapassa US$ 1,2 bilhão

Crítica – ‘Vingadores: Ultimato’: o novo acerto da Disney / Marvel

O fenômeno ‘Vingadores’

‘Vingadores: Ultimato’ ultrapassa ‘Guerra Infinita’ antes mesmo da estreia

‘Vingadores: Guerra Infinita’ ultrapassa a marca de US$ 2 bilhões

Comentários




    gl