Ana Carolina Garcia. Foto: SRzd

Ana Carolina Garcia

Jornalista formada pela Universidade Estácio de Sá, onde também concluiu sua pós-graduação em Jornalismo Cultural. Em 2011, lançou seu primeiro livro, "A Fantástica Fábrica de Filmes - Como Hollywood se Tornou a Capital Mundial do Cinema", da Editora Senac Rio.

Prêmio Guarani de Cinema Brasileiro: ‘Marte Um’ é o grande vencedor

“Marte Um” é dirigido por Gabriel Martins (Foto: Divulgação).

A Academia Guarani de Cinema Brasileiro divulgou os vencedores da 28a edição do Prêmio Guarani do Cinema Brasileiro, maior premiação da crítica especializada no país. E o grande vencedor desta edição foi “Marte Um” (Marte Um – 2022, Brasil), de Gabriel Martins, que se tornou o primeiro cineasta negro agraciado com o Guarani de melhor direção.

 

Representante brasileiro na corrida por uma vaga entre os indicados ao Oscar 2023, “Marte Um” recebeu, ao todo, 11 Guaranis, superando outros cinco longas que venceram nove categorias, cada. São eles: “Cidade de Deus” (Cidade de Deus – 2002, Brasil / França / Alemanha), de Fernando Meirelles; “Tropa de Elite” (Tropa de Elite – 2007, Brasil / EUA / Argentina), de José Padilha; “A Festa da Menina Morta” (A Festa da Menina Morta – 2008, Brasil / Argentina / Portugal), de Matheus Nachtergaele; “O Palhaço” (O Palhaço – 2011, Brasil), de Selton Mello; e “Aquarius” (Aquarius – 2016, Brasil / França), de Kléber Mendonça Filho.

 

Nesta edição, a Academia Guarani de Cinema Brasileiro homenageará Tony Tornado, um dos nomes mais importantes do cenário cultural do país, atuando tanto no teatro e na televisão quanto no cinema, sendo lembrado por filmes como “Pixote: A Lei do Mais Fraco” (Pixote: A Lei do Mais Fraco – 1981, Brasil), de Hector Babenco, “Quilombo” (Quilombo – 1984, Brasil / França), de Cacá Diegues, e “Redentor” (Redentor – 2004, Brasil), de Cláudio Torres.

 

A Academia Guarani de Cinema Brasileiro reúne críticos de diversas associações do país, dentre elas, ACCRJ, ABRACCINE, ACECCINE, ACCIRS, ACCPA, APCA e ACCiRN.

 

Confira a lista completa de vencedores do Prêmio Guarani:

Filme do ano:

– “Marte Um”;

Direção:

– Gabriel Martins – “Marte Um”;

Ator:

– Carlos Francisco – “Marte Um”;

Atriz:

– Rejane Faria – “Marte Um”;

Ator coadjuvante:

– Rômulo Braga – “Carvão” (Carvão – 2021, Brasil / Argentina);

Atriz coadjuvante:

– Renata Carvalho – “Os Primeiros Soldados” (Os Primeiros Soldados – 2021, Brasil);

Documentário em longa-metragem:

– “A Jangada de Welles” (A Jangada de Welles – 2019, Brasil);

Documentário em curta-metragem:

– “A Última Praga de Mojica” (A Última Praga de Mojica – 2021, Brasil);

Ficção em curta-metragem:

– “Fantasma Neon” (Fantasma Neon – 2021, Brasil);

Animação em longa-metragem:

– “Tarsilinha” (Tarsilinha – 2021, Brasil);

Animação em curta-metragem:

– “A Menina Atrás do Espelho” (A Menina Atrás do Espelho – 2022, Brasil);

Filme estrangeiro:

– “Aftersun” (Aftersun – 2022, Reino Unido / EUA);

Revelação masculina:

– Cícero Lucas – “Marte Um”;

Revelação feminina:

– Kika Sena – “Paloma” (Paloma – 2022, Brasil / Portugal);

Elenco:

– Gabriel Martins – “Marte Um”;

Direção de arte:

– Adrian Cooper – “A Viagem de Pedro” (A Viagem de Pedro – 2021, Brasil / Portugal);

Direção de fotografia:

– Leonardo Feliciano – “Marte Um”;

Efeitos visuais:

– Pedro Figueira, Antonio Baines, André Martinz e Hugo Lima – “Carro Rei” (Carro Rei – 2021, Brasil);

Figurino:

– Joana Porto, Marjorie Gueller e Patricia Doria – “A Viagem de Pedro”;

Maquiagem:

– Tayce Vale – “A Viagem de Pedro”;

Montagem:

– Gabriel Martins e Thiago Ricarte – “Marte Um”;

Roteiro adaptado:

– Marcelo Gomes, Armando Praça e Gustavo Campos – “Paloma”;

Roteiro original:

– Gabriel Martins – “Marte Um”;

Som:

– Tiago Bello e Marcos Lopes – “Marte Um”;

Trilha sonora:

– Daniel Simitan – “Marte Um”;

Guarani Honorário:

– Tony Tornado.

Comentários

 




    gl