Ana Carolina Garcia. Foto: SRZD

Ana Carolina Garcia

Jornalista formada pela Universidade Estácio de Sá, onde também concluiu sua pós-graduação em Jornalismo Cultural. Em 2011, lançou seu primeiro livro, "A Fantástica Fábrica de Filmes - Como Hollywood se Tornou a Capital Mundial do Cinema", da Editora Senac Rio.

Globo de Ouro 2021: ‘Mank’ lidera com seis indicações

O Globo de Ouro 2021 será realizado em 28 de fevereiro (Foto: Divulgação / Crédito: HFPA Photographer).

A Associação de Imprensa Estrangeira de Hollywood (Hollywood Foreign Press Association – HFPA) divulgou nesta quarta-feira, dia 03, a lista de indicados ao Globo de Ouro 2021. O anúncio foi feito virtualmente pelas atrizes Sarah Jessica Parker e Taraji P. Henson. E o líder de indicações deste ano é “Mank” (Idem – 2020).

 

Produção original Netflix, “Mank” é protagonizado por Gary Oldman (Foto: Divulgação / Crédito: Netflix).

 

Produção original Netflix, “Mank” concorre em seis categorias, inclusive as de melhor filme de drama e direção, tendo em seu encalço “Os 7 de Chicago” (The Trial of the Chicago 7 – 2020), que disputa cinco Globos de Ouro. Produzido pela Paramount Pictures e DreamWorks SKG, distribuído pela gigante do streaming, “Os 7 de Chicago”é seguido de perto por “Nomadland” (Idem – 2020), “Meu Pai” (The Father – 2020) e “Promising Young Woman” (Idem – 2020), cada um com quatro nomeações.

 

Na categoria de melhor filme de comédia / musical, os concorrentes são “Borat: Fita de Cinema Seguinte” (Borat Subsequent Moviefilm: Delivery of Prodigious Bribe to American Regime for Make Benefit Once Glorious Nation of Kazakhstan – 2020), “Hamilton” (Idem – 2020), “Palm Springs” (Idem – 2020), “Music” (Idem – 2021) e “A Festa de Formatura” (The Prom – 2020).

 

“Borat: Fita de Cinema Seguinte” é protagonizado e roteirizado por Sacha Baron Cohen (Foto: Divulgação / Crédito: Amazon Studios).

 

Produção original Amazon Studios, “Borat: Fita de Cinema Seguinte” é um dos títulos mais polêmicos do ano passado por criticar abertamente o governo do ex-presidente Donald Trump, e conseguiu três indicações ao Globo de Ouro. Além de melhor filme de comédia / musical, o longa concorre nas categorias de ator e atriz em filme de comédia / musical para Sacha Baron Cohen e Maria Bakalova. Baron Cohen ainda disputa a estatueta de melhor ator coadjuvante por seu desempenho em “Os 7 de Chicago”.

 

“Soul” é dirigido por Pete Docter e Kemp Powers (Foto: Divulgação).

Dos cinco diretores indicados ao prêmio da HFPA, três deles, Aaron Sorkin, Emerald Fennell e Chloé Zhao também concorrem à estatueta de melhor roteiro, sem nenhuma surpresa. Assim como a categoria de melhor animação, que conta com dois títulos da Disney / Pixar, “Doir Irmãos: Uma Jornada Fantástica” (Onward – 2019) e “Soul” (Idem – 2020).

 

Na verdade, as únicas surpresas da lista de indicados são a ausência de Delroy Lindo, por “Destacamento Blood” (Da 5 Bloods – 2020), e a indicação do francês Tahar Rahim, que disputa o Globo de Ouro de melhor ator em filme de drama por “The Mauritanian” (Idem – 2020).

 

Os grandes homenageados desta edição são Jane Fonda e Norman Lear. Vencedora de sete Globos de Ouro, sendo três de melhor atriz em filme de drama, Jane Fonda receberá o Cecil B. DeMille Award, concedido pela HFPA aos profissionais de cinema pelo conjunto da obra. Veterano da Segunda Guerra Mundial (1939 – 1945) e criador de inúmeros programas de televisão, Norman Lear também será reconhecido, aos 98 anos de idade, pelo conjunto da obra, mas com o Carol Burnett Award, prêmio entregue pela primeira vez em 2019 e voltado exclusivamente para profissionais de televisão.

 

O Globo de Ouro é considerado o segundo prêmio mais importante para a indústria hollywoodiana e um grande termômetro para o Oscar, apesar de seu resultado não impactar diretamente o da cerimônia realizada pela Academia de Artes e Ciências Cinematográficas de Hollywood (Academy of Motion Picture Arts and Sciences – AMPAS), influenciando apenas nas campanhas dos indicados. Ao contrário do que acontece com as premiações dos sindicatos, que exercem influência significativa no Oscar, pois boa parte dos integrantes do Sindicato dos Diretores dos Estados Unidos (Directors Guild of America – DGA) e do Sindicato dos Atores (Screen Actors Guild – SAG), por exemplo, são membros com direito a voto da AMPAS.

 

A 78a cerimônia de entrega do Globo de Ouro será realizada no dia 28 de fevereiro, mas em formato diferente das anteriores por causa da pandemia de Covid-19. Para evitar novo adiamento, a HFPA optou por dividir o evento por localidades distintas. Assim, as mestres de cerimônia Tina Fey e Amy Poehler apresentarão a festa diretamente do Rainbow Ballroom, em Nova York, e do The Beverly Hilton Hotel, em Los Angeles, respectivamente. Contudo, a Associação ainda não divulgou detalhes acerca da presença ou não de público nestes locais.

 

Confira a lista completa de indicados:

Melhor filme – drama:

– “Os 7 de Chicago”;

– “Mank”;

– “Nomadland”;

– “Meu Pai”;

– “Promising Young Woman”.

Melhor filme – comédia / musical:

– “Borat: Fita de Cinema Seguinte”;

– “Hamilton”;

– “Palm Springs”;

– “Music”;

– “A Festa de Formatura”.

Melhor ator – drama:

– Riz Ahmed – “O Som do Silêncio”;

– Chadwick Boseman – “A Voz Suprema do Blues”;

– Anthony Hopkins – “Meu Pai”;

– Gary Oldman – “Mank”;

– Tahar Rahim – “The Mauritanian”.

Melhor atriz – drama:

– Andra Day – “The United States vs. Billie Holiday” (Idem – 2021);

– Frances McDormand – “Nomadland”;

– Viola Davis – “A Voz Suprema do Blues”;

– Carey Mulligan – “Promising Young Woman”;

– Vanessa Kirby – “Pieces of a Woman” (Idem – 2020).

Melhor ator – comédia / musical:

– Dev Patel – “A História Pessoal de David Copperfield” (The Personal History of David Copperfield – 2019);

– Lin-Manuel Miranda – “Hamilton”;

– Sacha Baron Cohen – “Borat: Fita de Cinema Seguinte”;

– James Corden – “A Festa de Formatura” (The Prom – 2020);

– Andy Samberg – “Palm Springs” (Idem – 2020).

Melhor atriz – comédia / musical:

– Anya Taylor-Joy – “Emma” (Idem – 2020);

– Maria Bakalova – “Borat: Fita de Cinema Seguinte”;

– Rosamund Pike – “I Care a Lot” (Idem – 2020);

– Kate Hudson – “Music” (Idem – 2021);

– Michelle Pfeiffer – “French Exit” (Idem – 2020).

Melhor ator coadjuvante:

– Sacha Baron Cohen – “Os 7 de Chicago”;

– Daniel Kaluuya – “Judas e o Messias Negro” (Judas and the Black Messiah – 2021);

– Jared Leto – “Os Pequenos Vestígios” (The Little Things – 2021);

– Bill Murray – “On the Rocks” (Idem – 2020);

– Leslie Odom, Jr. – “Uma Noite em Miami…”.

Melhor atriz coadjuvante:

– Glenn Close – “Era Uma Vez um Sonho” (Hillbilly Elegy – 2020);

– Olivia Colman – “Meu Pai”;

– Jodie Foster – “The Mauritanian”;

– Amanda Seyfried – “Mank”;

– Helena Zengel – “News of the World”.

Melhor direção:

– Aaron Sorkin – “Os 7 de Chicago”;

– Regina King – “Uma Noite em Miami…”;

– David Fincher – “Mank”;

– Emerald Fennell – “Promising Young Woman”;

– Chloé Zhao – “Nomadland”.

Melhor roteiro:

– Jack Fincher – “Mank”;

– Chloé Zhao – “Nomadland”;

– Emerald Fennell – “Promising Young Woman”;

– Florian Zeller e Christopher Hampton – “Meu Pai”;

– Aaron Sorkin – “Os 7 de Chicago”.

Melhor canção original:

– “Fight for You”, de “Judas e o Messias Negro” – H.E.R., Dernst Emile II e Tiara Thomas;

– “Hear My Voice”, de “Os 7 de Chicago” – Daniel Pemberton e Celeste;

– “Io Si (Seen)”, de “Rosa e Momo” (La vita davanti a sé – 2020, Itália) – Diane Warren, Laura Pausini e Niccolò Agliardi;

– “Speak Now”, de “Uma Noite em Miami…” – Leslie Odom Jr. e Sam Ashworth;

– “Tigress & Tweed”, de “The United States vs. Billie Holliday” – Andra Day e Raphael Saadiq.

Melhor trilha sonora original:

– Trent Reznor e Atticus Ross – “Mank”;

– Alexandre Desplat – “O Céu da Meia-Noite” (The Midnight Sky – 2020);

– Ludwig Göransson – “Tenet” (Idem – 2020);

– James Newton Howard – “News of the World”;

– Trent Reznor, Atticus Ross e Jon Batiste – “Soul”.

Melhor animação:

– “Os Croods 2: Uma Nova Era” (The Croods: A New Age – 2020);

– “Dois Irmãos: Uma Jornada Fantástica” (Onward – 2019);

– “A Caminho da Lua” (Over the Moon – 2020);

– “Soul”;

– “Wolfwalkers” (Idem – 2020).

Melhor filme estrangeiro:

– “Rosa e Momo”;

– “Another Round” (Druk – 2020, Dinamarca);

– “Minari” (Idem – 2020, Coreia do Sul);

– “A Chorona” (La llorona – 2019, Guatemala);

– “Nós Duas” (Deux – 2020, França).

Melhor série de TV – drama:

– “Lovecraft Country” (Idem – desde 2020);

– “Ozark” (Idem – desde 2017);

– “The Crown” (Idem – desde 2016);

– “O Mandaloriano” (The Mandalorian – desde 2019);

– “Ratched” (Idem – desde 2020).

Melhor série de TV – comédia / musical:

– “Emily em Paris” (Emily in Paris – desde 2020);

– “Ted Lasso” (Idem – desde 2020);

– “The Great” (Idem – desde 2020);

– “Schitt’s Creek” (Idem – 2015 – 2020);

– “The Flight Attendant” (Idem – desde 2020).

Melhor minissérie / telefilme:

– “Normal People” (Idem – 2020);

– “O Gambito da Rainha” (The Queen’s Gambit – 2020);

– “Small Axe” (Idem – 2020);

– “The Undoing” (Idem – 2020);

– “Unorthodox” (Idem – 2020).

Melhor ator em série de TV – drama:

– Al Pacino – “Hunters” (Idem – desde 2020);

– Jason Bateman – “Ozark”;

– Matthew Rhys – “Perry Mason” (Idem – desde 2020);

– Bob Odenkirk – “Better Call Saul” (Idem – 2015 – 2021);

– Josh O’Connor – “The Crown”.

Melhor atriz em série de TV – drama:

– Emma Corrin – “The Crown”;

– Laura Linney – “Ozark”;

– Sarah Paulson – “Ratched”;

– Jodie Comer – “Killing Eve: Dupla Obsessão” (Killing Eve – desde 2018);

– Olivia Colman – “The Crown”.

Melhor ator em série de TV – comédia / musical:

– Don Cheadle – “Black Monday” (Idem – desde 2019);

– Jason Sudeikis – “Ted Lasso”;

– Ramy Youssef – “Ramy” (Idem – desde 2019);

– Eugene Levy – “Schitt’s Creek”;

– Nicholas Hoult – “The Great”.

Melhor atriz em série de TV – comédia / musical:

– Catherine O’Hara – “Schitt’s Creek”;

– Jane Levy – “Zoey e a Sua Fantástica Playlist” (Zoey’s Extraordinary Playlist – desde 2020);

– Lily Collins – “Emily em Paris”;

– Elle Fanning – “The Great”;

– Kaley Cuoco – “The Flight Attendant”.

Melhor ator em minissérie / telefilme:

– Bryan Cranston – “Your Honor” (Idem – 2020);

– Hugh Grant – “The Undoing”;

– Mark Ruffalo – “I Know This Much Is True” (Idem – 2020);

– Ethan Hawke – “The Good Lord Bird” (Idem – 2020);

– Jeff Daniels – “The Comey Rule” (Idem – 2020).

Melhor atriz em minissérie / telefilme:

– Anya Taylor-Joy – “O Gambito da Rainha”;

– Daisy Edgar-Jones – “Normal People”;

– Shira Haas – “Unorthodox”;

– Cate Blanchett – “Mrs. America” (Idem – 2020);

– Nicole Kidman – “The Undoing”.

Melhor ator coadjuvante em série de TV / minissérie / telefilme:

– Brendan Gleeson – “The Comey Rule” (Idem – 2020);

– Donald Sutherland – “The Undoing”;

– John Boyega – “Small Axe”;

– Dan Levy – “Schitt’s Creek”;

– Jim Parsons – “Hollywood” (Idem – 2020).

Melhor atriz coadjuvante em série de TV / minissérie / telefilme:

– Annie Murphy – “Schitt’s Creek”;

– Gillian Anderson – “The Crown”;

– Julia Garner – “Ozark”;

– Cynthia Nixon – “Ratched”;

– Helena Bonham Carter – “The Crown”.

Cecil B. DeMille Award:

– Jane Fonda.

Carol Burnett Award:

– Norman Lear.

 

Leia também:

Independent Spirit Awards 2021: ‘Nunca, Raramente, Às Vezes, Sempre’ é líder em indicações; ‘Bacurau’ concorre a filme internacional

Globo de Ouro 2021: Jane Fonda é homenageada pela HFPA

Comentários

 




    gl