Ana Carolina Garcia. Foto: SRZD

Ana Carolina Garcia

Jornalista formada pela Universidade Estácio de Sá, onde também concluiu sua pós-graduação em Jornalismo Cultural. Em 2011, lançou seu primeiro livro, "A Fantástica Fábrica de Filmes - Como Hollywood se Tornou a Capital Mundial do Cinema", da Editora Senac Rio.

Cinemas cariocas fecham por causa da pandemia de Coronavírus; mais filmes são adiados

“Mulan” teve sua estreia adiada pela Disney por tempo indeterminado (Foto: Divulgação).

Nesta sexta-feira, dia 13, o Governador do Rio, Wilson Witzel, anunciou medidas para tentar conter a disseminação do Coronavírus (Covid-19) no estado. Dentre elas, o fechamento de teatros e cinemas a partir da próxima segunda-feira, dia 16.

 

No entanto, algumas redes de cinema decidiram suspender suas atividades já no final de semana, como Kinoplex e Estação NET. Em seu site oficial, a Rede Kinoplex disse que o fechamento independe da sua vontade. “A classificação da situação mundial do Novo Corona vírus (COVID-19) como pandemia significa o risco potencial da doença infecciosa atingir a população mundial de forma simultânea, e, dentre o protocolo de prevenção, há a recomendação para que a população evite frequentar lugares de aglomeração de pessoas e ambientes fechados. Diante disso, visando sempre a saúde e bem-estar de nosso público e equipe, e fundamentados pelo Decreto 46970, emitido em 13/03/2020 pelo Governo do Estado do Rio de Janeiro, informamos aos nossos espectadores que nossos cinemas localizados no estado do Rio de Janeiro estarão fechados pelo período de 15 dias, podendo ser prorrogado de acordo com futuras determinações”, diz a empresa em comunicado oficial.

 

A Estação NET também divulgou nota em suas redes sociais: “Prezados cinéfilos, de acordo com o decreto oficial do Governo do Estado do Rio de Janeiro publicado nesta sexta, 13/3, anunciamos que todas as salas do Circuito estação NET de Cinema estão fechadas a partir de sábado, 14/3, por tempo indeterminado”.

 

Esta medida de prevenção anunciada pelo governo do Rio de Janeiro também é adotada internacionalmente. Na China, Coreia do Sul e Itália, por exemplo, as salas de exibição estão fechadas. Nos Estados Unidos, ainda há cinemas em funcionamento, mas a AMC, uma das principais redes do país, determinou que as salas funcionarão com metade de sua capacidade a partir deste sábado, dia 14. De acordo com a CNBC, nenhuma sala da companhia receberá mais de 250 pessoas por sessão pelo menos até 30 de abril, tendo como objetivo aumentar a distância entre os clientes. No entanto, esta decisão da AMC poderá ser revista nas próximas semanas.

 

A pandemia, que tem sido comparada por internautas a filmes de ficção-científica, também ocasionou o cancelamento de estreias mundo afora. Somente nesta sexta-feira, quatro longas-metragens tiveram seus adiamentos anunciados: “Trolls 2” (Trolls World Tour – 2020) e os brasileiros “Aos Olhos de Ernesto” (2020), “De Perto Ela Não é Normal” (2020) e “No Gogó do Paulinho” (2020).

 

Até o momento, os filmes que tiveram seus lançamentos adiados em decorrência da pandemia de Covid-19 são: “Um Lugar Silencioso – Parte II” (A Quiet Place 2 – 2020), “Velozes & Furiosos 9” (F9 – 2020), “Sem Tempo Para Morrer” (No Time to Die – 2020), “Mulan” (Idem – 2020), “Os Novos Mutantes” (The New Mutants – 2020), “Antlers” (Idem – 2020) e os polêmicos “A Menina que Matou os Pais” (2020) e “O Menino que Matou Meus Pais” (2020).

 

Leia também:

‘Velozes e Furiosos 9’: Universal divulga nota sobre adiamento

Filmes sobre o caso Richthofen são adiados em decorrência da pandemia de Coronavírus

‘Um Lugar Silencioso – Parte II’ é adiado por causa da pandemia de Coronavírus

‘Dois Irmãos – Uma Jornada Fantástica’ abre em primeiro nos EUA

Os filmes mais aguardados de 2020

Comentários




    gl