Ana Carolina Garcia. Foto: SRZD

Ana Carolina Garcia

Jornalista formada pela Universidade Estácio de Sá, onde também concluiu sua pós-graduação em Jornalismo Cultural. Em 2011, lançou seu primeiro livro, "A Fantástica Fábrica de Filmes - Como Hollywood se Tornou a Capital Mundial do Cinema", da Editora Senac Rio.

BAFTA 2019: ‘Roma’ vence o prêmio de melhor filme

Dirigido por Alfonso Cuarón, “Roma” é uma produção original Netflix que venceu três estatuetas do Oscar (Foto: Divulgação).

Na noite do último domingo, dia 10, a British Academy of Film and Television Arts (BAFTA) realizou no Royal Albert Hall, em Londres (Inglaterra), a 72a cerimônia de entrega do BAFTA Awards. E prêmio principal, melhor filme, foi entregue a “Roma” (Idem – 2018), que recebeu outras três estatuetas – direção e fotografia para Alfonso Cuarón e filme estrangeiro.

 

Líder de indicações desta edição, 13 ao todo, “A Favorita” (The Favourite – 2018) venceu sete prêmios, entre eles, os de melhor filme britânico, atriz para Olivia Colman e atriz coadjuvante para Rachel Weisz.

 

Apresentado por Joanna Lumley, o BAFTA Awards 2019 também contou com uma categoria de voto popular, a de estrela em ascensão (EE Rising Star Award). Este ano, quem recebeu a honraria foi Letitia Wright, de “Pantera Negra” (Black Panther – 2018).

 

Os homenageados pela Academia Britânica nesta edição do BAFTA foram a montadora Thelma Schoonmaker, com o Academy Fellowship, e os produtores Elizabeth Karlsen e Stephen Woolley, ambos com o Prêmio de contribuição britânica ao cinema.

 

Confira a lista de vencedores:

Melhor filme:

– “Roma”;

Melhor filme britânico (Alexander Korda Award):

– “A Favorita”;

Melhor direção (David Lean Award):

– Alfonso Cuarón – “Roma”;

Melhor ator:

– Rami Malek – “Bohemian Rhapsody” (Idem – 2018);

Melhor atriz:

– Olivia Colman – “A Favorita”;

Melhor ator coadjuvante:

– Mahershala Ali – “Green Book: O Guia” (Green Book – 2018);

Melhor atriz coadjuvante:

– Rachel Weisz – “A Favorita”;

Melhor roteiro original:

– “A Favorita” – Deborah Davis e Tony McNamara;

Melhor roteiro adaptado:

– “Infiltrado na Klan” (BlacKkKlansman – 2018) – Spike Lee, David Rabinowitz, Charlie Wachtel e Kevin Willmott;

Melhor documentário:

– “Free Solo” (Idem – 2018) – Elizabeth Chai Vasarhelyi e Jimmy Chin;

Estrela em ascensão (EE Rising Star Award):

– Letitia Wright;

Melhor estreante (Diretor, roteirista ou produtor britânico):

– Michael Pearce (diretor e roteirista) e Lauren Dark (produtora) – “Beast” (Idem – 2018);

Melhor filme em língua não-inglesa:

– “Roma” (México);

Melhor animação:

– “Homem-Aranha no Aranhaverso” (Spider-Man: Into the Spider-Verse – 2018);

Melhor trilha sonora original:

– “Nasce uma Estrela” (A Star is Born – 2018) – Bradley Cooper, Lady Gaga e Lukas Nelson;

Melhor direção de fotografia:

– “Roma” – Alfonso Cuarón;

Melhor edição:

– “Vice” (Idem – 2018) – Hank Corwin;

Melhor design de produção:

– “A Favorita” – Fiona Crombie e Alice Felton;

Melhor figurino:

– “A Favorita” – Sandy Powell;

Melhor maquiagem e cabelo:

– “A Favorita” – Nadia Stacey;

Melhor som:

– “Bohemian Rhapsody” – John Casali, Tim Cavagin, Nina Hartstone, Paul Massey e John Warhurst;

Melhores efeitos visuais:

– “Pantera Negra” – Geoffrey Baumann, Jesse James Chisholm, Craig Hammack e Daniel Sudick;

Melhor curta-metragem de animação:

– “Roughhouse” (Idem – 2018) – Jonathan Hodgson e Richard Van Den Boom;

Melhor curta-metragem britânico:

– “73 Cows” (Idem – 2018) – Alex Lockwood;

Academy Fellowship:

– Thelma Schoonmaker;

Prêmio de contribuição britânica ao cinema:

– Elizabeth Karlsen;

– Stephen Woolley.

Comentários




    gl