Ana Carolina Garcia. Foto: SRZD

Ana Carolina Garcia

Jornalista formada pela Universidade Estácio de Sá, onde também concluiu sua pós-graduação em Jornalismo Cultural. Em 2011, lançou seu primeiro livro, "A Fantástica Fábrica de Filmes - Como Hollywood se Tornou a Capital Mundial do Cinema", da Editora Senac Rio.

‘Asterix e o Segredo da Poção Mágica’: animação francesa com ‘cara’ de Pixar

“Asterix e o Segredo da Poção Mágica” entra em cartaz na próxima quinta-feira, dia 19 (Foto: Divulgação).

Exibido na última edição do Festival Varilux de Cinema Francês, “Asterix e o Segredo da Poção Mágica” (Astérix: Le secret de la potion magique – 2018) chega ao circuito comercial brasileiro na próxima quinta-feira, dia 19.

 

Dirigido por Alexandre Astier e Louis Clichy, dupla responsável por “Asterix e o Domínio dos Deuses” (Astérix: Le domaine des dieux – 2014), o longa mostra Asterix (voz de Christian Clavier) e Obelix (voz de Guillaume Briat) ajudando o velho druida Panoramix (voz de Bernard Alane) a encontrar alguém que possa lhe substituir como guardião da poção mágica que confere poderes sobre-humanos aos gauleses. Mas a busca de Panoramix atrai um antigo oponente, Sulfurix (voz de Daniel Mesguich), que sonha com poder desmedido, aliando-se, inclusive, ao Imperador Romano Júlio César (voz de Philippe Morier-Genoud), que deseja dominar a aldeia e, consequentemente, a poção criada pelo druida.

 

“Asterix e o Segredo da Poção Mágica” é uma animação rica em detalhes não apenas dos personagens, como de cenários, superando a qualidade técnica de seu antecessor e oferecendo um belo espetáculo visual ao espectador. É uma produção que em muito remete às da Pixar em sua estética e também na forma pela qual é conduzida por Astier e Clichy.

 

Panoramix e Sulfurix são os destaques desta animação (Foto: Divulgação).

 

Com um roteiro simples, “Asterix e o Segredo da Poção Mágica” ousa ao colocar Asterix e Obelix como coadjuvantes, centrando a trama em Panoramix e Sulfurix, que tem traços leves de Scar, o vilão de “O Rei Leão” (The Lion King – 1994). Além disto, o longa mantém a essência à dupla de gauleses criada por René Goscinny e Albert Uderzo em 1959, mas concedendo-lhes certo frescor ao atender à demanda atual de colocar personagens femininas em posições que exigem total desapego de fragilidade. Com isso, a animação explora a menina destemida que quebra regras pré-estabelecidas pelos druidas e as mulheres abandonadas temporariamente pelos maridos e que precisam se unir para defender a aldeia e seu modo de vida, tendo como líder um homem fraco e egocêntrico.

 

Abordando temas universais como identidade de um povo, confiança, resistência, determinação e honestidade, “Asterix e o Segredo da Poção Mágica” é um filme sobre a importância do legado que tem como fio condutor de sua trama a necessidade de passagem do bastão para as gerações mais novas. Tudo isso recheado de humor leve para o público de todas as idades.

 

Assista ao trailer oficial legendado:

Comentários




    gl