Ana Carolina Garcia. Foto: SRZD

Ana Carolina Garcia

Jornalista formada pela Universidade Estácio de Sá, onde também concluiu sua pós-graduação em Jornalismo Cultural. Em 2011, lançou seu primeiro livro, "A Fantástica Fábrica de Filmes - Como Hollywood se Tornou a Capital Mundial do Cinema", da Editora Senac Rio.

‘A Última Floresta’: do Festival de Berlim para os cinemas brasileiros

“A Última Floresta” tem roteiro de Luiz Bolognesi e Davi Kopenawa, líder Yanomami (Foto: Divulgação / Crédito: Pedro J. Márquez).

Há três anos, Luiz Bolognesi realizou um dos documentários mais importantes e contundentes sobre a evangelização de tribos indígenas, “Ex-Pajé” (2018), abrindo caminho para “A Última Floresta” (2021), que chega aos cinemas brasileiros nesta quinta-feira, dia 09.

 

Vencedor do Prêmio da Audiência no Festival de Berlim deste ano, “A Última Floresta” mostra os impactos culturais e ambientais da invasão e consequente devastação da Amazônia, sobretudo das terras Yanomami, alvo de garimpeiros que colocam não apenas a floresta, como também os índios em risco, tanto pela ação propriamente dita quanto pela violência e propagação de doenças, entre elas, a Covid-19, que também tem vitimado muitos indígenas.

 

Apresentando a rotina de uma das aldeias, inclusive encenando uma de suas lendas para proporcionar ao espectador melhor compreensão dos assuntos abordados, o documentário escrito por Bolognesi e Davi Kopenawa, líder Yanomami ameaçado de morte que luta há anos para preservar a floresta, exerce papel crítico fundamental para os dias atuais.

 

Conduzido com respeito por Bolognesi, “A Última Floresta” é uma produção que objetiva conscientizar a plateia sobre a necessidade de preservar a Amazônia e suas tribos, chamando a atenção também pela beleza das imagens captadas pela câmera que, aqui, atua como observadora da ação, sem interferir nela para deixar os índios à vontade. E este é um de seus grandes acertos, pois permite que o espectador se envolva com o que é mostrado na tela grande.

 

Assista ao trailer oficial:

Comentários

 




    gl