Solange Cruz: ‘Acho que o jurado deveria ter julgado todos com peso igual’

Solange Cruz. Foto: SRzd – Fausto D’Império

Em busca de seu décimo primeiro título no Grupo Especial do Carnaval de São Paulo, a Mocidade Alegre levará para o Anhembi em 2020 o enredo: “Do Canto das Yabás, Renasce uma nova Morada”.

Durante festa de lançamento realizada no último sábado (25) na quadra social da “Morada do Samba”, a presidente Solange Cruz Bichara Rezende, concedeu entrevista ao portal SRzd. Durante a conversa, ela falou sobre diversos assuntos relacionados ao último Carnaval e sobre o espetáculo que sua comunidade está preparando para o próximo ano.

Em 2019 a Mocidade ficou na oitava colocação ao apresentar o tema “Ayakamaé; as águas sagradas do sol e da lua” (Clique aqui para relembrar). Solange reconheceu que a verde, vermelha e branca cometeu falhas na Avenida, mas ressaltou que outras escolas também erraram.

“O jurado não deixou de me julgar, só acho que deveria ter julgado todos com peso igual. Se você analisar, meio ponto não é quase nada, mas me levou para o oitavo lugar. Sou nascida e criada no samba, estudo Carnaval e faço um trabalho em relação a isso. Hoje fazemos Carnaval e discutimos Carnaval após o desfile. Plasticamente acho que a Mocidade fez um Carnaval maravilhoso, mas eu sei das falhas, erros e acertos”, afirmou a sambista.

“Foi sofrido. Não tenho vergonha em dizer. O Carnaval está cada vez mais disputado”.

Outro ponto citado por Solange, que parabenizou e enalteceu o trabalho feito pelas coirmãs que ficaram nas primeiras colocações, foi a aflição que viveu durante a apuração das notas. No palco, em discurso feito para os presentes na quadra, ela destacou que foi a primeira vez que rezou para a Mocidade não ser rebaixada.

Durante a entrevista, Solange Cruz falou também sobre as reformulações realizadas no quadro de profissionais da escola e da relação do enredo lançado com a sua irmã e ex-presidente da “Morada do Samba”, Elaine Cristina Cruz Bichara, que morreu em 2003.

A “Leoa do Samba” aproveitou o microfone do SRzd para divulgar a data de apresentação da sinopse para os compositores interessados em participar do concurso de samba-enredo. A explanação será realizada no dia 4 de junho a partir das 20h, na sede social da escola.

Assista:

Comentários




    gl