Carnaval/SP

Raio X dos casais de MSPB: Camisa 12 e Combinados de Sapopemba

Raio X dos casais. Arte: Fausto Bueno

Ednei Mariano traz novo texto em sua coluna no portal SRzd.

As publicações são semanais, sempre às sextas-feiras, na página principal da editoria do Carnaval de São Paulo. Leia, comente e compartilhe!

Até o Carnaval 2019, você acompanha as análises dos primeiros casais de mestre-sala e porta-bandeira que vão defender a nota no sambódromo do Anhembi.

Camisa 12 e Combinados de Sapopemba

No Carnaval 2018 Vanderleia Franco, conhecida no nosso meio como Vany Bailarina, desfilou com o mestre-sala Diogo, e obtiveram três notas 10 e 9.7.

Em 2019, ela terá como parceiro de dança Anderson Silva. Mais um garoto cheio de talento vindo da cidade de Santos. Ele sobe a serra pronto para conquistar definitivamente Sampa. Garoto de porte altivo, que já desfila em nossa cidade há dois anos, defendendo e obtendo belas notas para Explosão Zona Norte.

A partir deste ano se dedica exclusivamente aos trabalhos da entidade alvinegra. Anderson nasceu em de agosto de 1995 na cidade de São Vicente, é católico, mas não dispensa uma boa reza das religiões afro-brasileiras. Seu prato predileto é a lasanha. “O Diabo Veste Prada” é o filme que marcou em sua mente. Tem o ensino médio e trabalha na função de vigilante em uma faculdade em Santos. Iniciou sua carreira de mestre-sala na Unidos da Zona Noroeste.

Vany Franco adora comer bem e é fã da cozinha nordestina. Esta mulher apaixonante do ABC paulista é espirita Kardecista. Nasceu em Lucélia, no interior do Estado, mas mora em Santo André. O filme que marcou sua vida é Ghost. Atualmente é apresentadora e repórter.

Tem formação em dança clássica pelo teatro municipal de São Paulo e é formada também em Psicologia. Esta capricorniana extrovertida, alegre e direta nas suas colocações e posições, iniciou aos 14 anos na área artística como bailarina e dançarina. Tem no seu currículo diversos trabalhos como modelo e atuação em dança em programas de TV e nos palcos do Japão, Canadá, Portugal e Alemanha. No próximo ano completa 20 anos como porta-bandeira.

A décima escola a desfilar pelo Acesso 2 no Anhembi terá como defensor do pavilhão oficial um jovem acostumado com a nota 10.

Anderson Guedes terá como companheira Clara Victoria, estreante como primeira-dama. A menina vem de família de sambistas da Zona Leste. O pai é o atual presidente da agremiação, Bel Calado. Juntos terão a missão de manter a nota máxima obtida em 2018 pelo casal Ruhanan Pontes e Waleska Gomes.

Guedes é garoto cheio de talento e postura, defendeu, e bem, neste ano, o pavilhão oficial da Barroca Zona Sul. Nasceu na capital, no bairro central de Santa Cecilia, em 1987. Não segue nenhuma religião, mas acredita em um Deus justo e arquiteto deste universo. Na gastronomia, adora todo tipo de massa. Formado em Desing de Modas, este micro empresário tem seu próprio atelier, onde confecciona trajes para nossas damas e nossos cavalheiros, até mesmo vestidos de noiva. Seu filme predileto é Titanic. Começou sua caminhada de dança na Uirapuru da Mooca.

Clara Victoria Bispo Silva! Esta linda menina vai debutar como primeira-dama da Combinados, um sonho que se realiza!

Focada no desenvolvimento da dança, muito preparo físico e mental; se diz preparada para a função. Católica, nasceu em fevereiro de 2000, está cursando o ensino superior de Enfermagem e trabalha como Auxiliar Administrativo.

Quando perguntamos sobre prato predileto, ela lembrou de uma comida simples, mas feita com muito carinho pelo seu irmão, Ilton Gomes, mais conhecido por Fran, que hoje não se encontra entre nós: o prato era purê e salsicha, acompanhados de batata palha. Seu filme predileto é Procurando Nemo. Confiante, lá vai ela, uma das mais novas porta-bandeiras da cidade para o desafio do Carnaval.

+ confira as edições anteriores:

+ Torcida Jovem

+ Cidade Líder e Amizade Zona Leste

+ Santa Bárbara e Tradição Albertinense

+ Uirapuru da Mooca e Imperador do Ipiranga

Comentários




    gl