‘Que momento’: quando o presidente da Mancha Verde paralisou um ensaio técnico geral

Ensaio técnico de 2014 da Mancha Verde. Foto: SRzd – Cláudio L. Costa

Neste mês, um dos momentos mais esperados pelos sambistas que apreciam as escolas de samba da cidade de São Paulo estaria acontecendo no Sambódromo do Anhembi: os ensaios técnicos.

Com a impossibilidade da realização do evento, devido a pandemia da Covid-19, o SRzd está revivendo todo o clima de Carnaval envolvido nas atividades feitas na Passarela do Samba nos últimos anos.

Neste domingo (17), vamos relembrar um momento em especial onde o presidente da Mancha Verde, Paulo Serdan, literalmente paralisou o ensaio técnico geral da verde e branca. Na oportunidade, o dirigente discursou em cima do carro de som e cobrou atenção dos seus componentes, principalmente da metade para o final da pista de desfiles.

Em 2014, a Mancha disputou o Grupo de Acesso 1 com o enredo: “Bem aventurados sejam os perseguidos por causa da justiça dos homens… Porque deles é o reino dos céus”, reedição do Carnaval de 2006.

Assista:










Comentários

 




    gl