Por motivos diversos, mestre-sala deixa pavilhão principal da Nenê de Vila Matilde

Desfile 2018 da Nenê de Vila Matilde. Foto: SRzd – Cláudio L. Costa

Everson Sena não é mais mestre-sala principal da Nenê de Vila Matilde. A notícia foi confirmada na noite deste sábado (12) pelo sambista que formava dupla com a porta-bandeira Monalisa Bueno.

Em texto compartilhado no Facebook, Everson informou que os motivos de sua decisão são diversos, mas optou por não expor em redes sociais. Entre agradecimentos e desejo de sucesso para sua agora ex-parceira de dança, ele escreveu que o quesito mestre-sala e porta bandeira é coisa séria e que precisa ser tratado com carinho.

Aos 28 anos, Everson iniciou sua carreira como mestre-sala aos 17. No currículo, contabiliza passagens pela Unidos de Guaianases, Leandro de Itaquera, Dom Bosco, Camisa Verde e Branco, Pérola Negra e Vila Maria.

Leia na íntegra o comunicado:

“Queridos amigos, venho por meio deste informar o meu desligamento do Cargo de mestre sala da Nenê de vila Matilde. Os motivos são diversos, cujo não vem ao caso expor em redes sociais. Tendo ciência do tamanho da responsabilidade e por respeitar o meu trabalho não posso seguir a diante. Quesito mestre sala e porta bandeira é coisa séria… precisa ser tratado com carinho, viabilizar da melhor maneira possível as ferramentas de trabalho. Os maiores interessados em atingir a nota máxima somos nós. Precisamos ter paz. O psicológico precisa estar alinhado ao corpo, só assim conseguimos atingir um bom resultado. Monalisa Carmo Bueno sabe o quanto te amo e desejo muita sucesso, pois vc merece. Agradeço a todos os setores da escola e a toda comunidade em geral. Obrigado por tudo que Deus abençoe cada um de vcs. Grande bjo”.

No Carnaval de 2020, a Nenê de Vila Matilde apresentará no sambódromo do Anhembi o enredo: “O presente da Deusa e o brinde da Águia”, na disputa do Grupo de Acesso 1. O projeto será desenvolvido pelo carnavalesco Zilkson Reis.

O samba-enredo é assinado pelos compositores Adauto Alves, Dadô Poeta, China, Akash, Samuel Bussunda e Marcio Pessi. Clique aqui para ouvir.

Comentários




    gl