Luxo e técnica: Mancha cumpre promessa e faz desfile de alto nível no Anhembi

Desfile 2019 da Mancha Verde. Foto: SRzd – Bruno Giannelle

O terceiro desfile deste sábado (2) no sambódromo do Anhembi, o da Mancha Verde, era um dos mais cercados de expectativas deste Carnaval na cidade de São Paulo.

Uma, pela estreia do “Mago” Jorge Freitas, a outra, pelo propagado alto investimento da entidade no projeto de 2019, incrementado pelo apoio de seus parceiros comerciais.

“Oxalá, salve a princesa! A saga de uma guerreira negra” foi o tema, o primeiro afro assinado por Freitas em sua longa carreira.

E não decepcionou, mostrou na pista todo o recurso de que dispunha e cumpriu sua missão de ser uma das protagonistas da primeira noite do Grupo Especial.

+ galeria de fotos do desfile da Mancha

+ vídeo: largada do desfile 2019 da Mancha

Presidente
Paulo Serdan

Carnavalesco
Jorge Freitas

Intérprete
Fredy Vianna

Coreógrafos de comissão de frente
Marcos Aurélio e Wender Luciano

1º casal de MSPB
Marcelo e Adriana

Mestre de bateria
Maradona

Rainha de bateria
Viviane Araújo

Realizando o sonho de fazer um enredo afro, Jorge recebeu a ideia, segundo foi informado pela entidade, da própria direção da escola, assim que chegou para iniciar seu trabalho na Mancha.

A história gira em torno de uma negra que nasceu princesa, mas foi escravizada pela cobiça do homem branco. Trazida ao Brasil a força, foi violentada e teve sua vida marcada pelo preconceito.

Aqui, recebida por Iemanjá, iniciou sua luta pela liberdade, igualdade e combate ao racismo. Outra luta travada por ela foi contra a intolerância religiosa. Na proposta, a mensagem de uma grande comunhão entre os povos, unidos em torno da paz.

Esteticamente, trouxe a suntuosidade de quando a personagem central da história era princesa, chegando aos cenários que marcaram sua luta no Brasil, como o Quilombo de Palmares.

O sentimento e desejo da escola revelam: é a hora de ganhar o campeonato.

O primeiro movimento foi a contratação de um dos mais importantes nomes do Carnaval brasileiro, o carnavalesco Jorge Freitas.

Sua chegada foi representativa e evidencia um esforço claro da entidade em dar um passo a frente em busca do inédito título do Grupo Especial.

Contratação que agitou o pós-Carnaval 2018, tanto pela importância do artista, quanto pelo fato de chegar para o lugar de Pedro Alexandre, o Magoo, justamente após a escola conquistar a melhor classificação de sua história.

+ Relembre o desfile da Mancha Verde em 2018

Por todo esse contexto, é possível afirmar que a Mancha vive seu melhor momento, além de vir de seu melhor resultado dentre todas as suas participações nos concursos. Na Avenida, foi puro luxo. Sobretudo nas fantasias, ricas, cheias de elementos e com acabamento impecável, marcas do artista carioca.

No carros, também foi possível afirmar que a Mancha foi certeira na escolha dos materiais e na execução, mas não manteve o mesmo padrão nas cinco composições trazidas para o conjunto.

No mais, o samba assinado por Sereno, Chefia, Darlan Alves, Rodrigo Minueto, Gui Cruz, André Ricardo e Rodolfo Minueto não foi capaz de mexer com os milhares de torcedores espalhados com suas bandeiras e faixas pelo Anhembi.

Mesmo com o samba na ponta da língua, os componentes das alas não emocionaram o público, mas colocaram em prática uma evolução correta, também bem ao feitio de Freitas, chegando ao final da pista com sobras, aos 62 minutos.

+ galerias de foto

+ comissão de frente

+ primeiro casal de MSPB

+ alegorias

+ veja o desempenho da escola nos últimos cinco anos

A partir das 14h30 da próxima terça-feira (5), o portal SRzd transmite ao vivo, em parceria com a Rádio Trianon AM 740, a apuração dos desfiles das escolas de samba do Carnaval de São Paulo 2019.

Pelo oitavo ano consecutivo os destaques dos desfiles das escolas de samba da cidade de São Paulo receberão troféu exclusivo, oferecido pelo portal SRzd.

Voto popular e análise da equipe SRzd, que acompanha os bastidores das escolas de samba durante todo o ano; a somatória destes dois levantamentos vai determinar o resultado do Prêmio SRzd Carnaval SP 2019, ação que valoriza a cultura do samba na capital paulista e seus protagonistas. Em caso de empate, prevalece sempre o voto dos profissionais do SRzd.

A votação popular, que estará disponível através de enquete na página da editoria do Carnaval de São Paulo no SRzd, será aberta após o final do último desfile dos Grupos Especial e de Acesso 1. O resultado será divulgado na terça-feira (5), antes da apuração oficial pela Liga Independente das Escolas de Samba. Clique aqui e conheça todas as categorias.

+ confira a ordem completa de desfiles no Anhembi

Grupo Especial

+ Sexta-feira, 1 de março

1ª – 23h15 – Colorado do Brás
2ª – 0h25 – Império de Casa Verde
3ª – 1h35 – Mancha Verde
4ª – 2h45 – Acadêmicos do Tucuruvi
5ª – 3h55 – Acadêmicos do Tatuapé
6ª – 5h05 – X-9 Paulistana
7ª – 6h15 – Tom Maior

+ Sábado, 2 de março

1ª – 22h30 – Águia de Ouro
2ª – 23h20 – Dragões da Real
3ª – 0h30 – Mocidade Alegre
4ª – 1h40 – Vai-Vai
5ª – 2h50 – Rosas de Ouro
6ª – 4h00 – Unidos de Vila Maria
7ª – 5h10 – Gaviões da Fiel

Grupo de Acesso 1

+ Domingo, 3 de março

1ª – 21h – Mocidade Unida da Mooca
2ª – 22h – Independente Tricolor
3ª – 23h – Barroca Zona Sul
4ª – 0h – Nenê de Vila Matilde
5ª – 1h – Leandro de Itaquera
6ª – 2h – Camisa Verde e Branco
7ª – 3h – Unidos do Peruche
8ª – 4h – Pérola Negra

Grupo de Acesso 2

+ Segunda-feira, 4 de março

1ª – 20h – Primeira da Cidade Líder
2ª – 20h50 – Amizade Zona Leste
3ª – 21h40 – Torcida Jovem
4ª – 22h30 – Estrela do Terceiro Milênio
5ª – 23h20 – Unidos de Santa Bárbara
6ª – 0h10 – Tradição Albertinense
7ª – 1h – Uirapuru da Mooca
8ª – 1h50 – Imperador do Ipiranga
9ª – 2h40 – Camisa 12
10ª – 3h30 – Combinados de Sapopemba
11ª – 4h20 – Dom Bosco
12ª – 5h10 – Morro da Casa Verde

+ veja os preços dos ingressos para todos os dias e setores de desfile em SP

Comentários




    gl