Jorge Silveira destaca ‘forte cunho cultural’ do enredo 2022 da Dragões da Real

Jorge Silveira. Foto: Divulgação

Em busca do inédito título do Grupo Especial paulistano, a Dragões da Real se prepara para lançar o seu enredo e samba para o Carnaval 2022. A divulgação está prevista para o próximo sábado (28). Ainda não há detalhes sobre o horário do evento.

O desfile da escola vai ser desenvolvido pelo carnavalesco Jorge Silveira. Ele já fez parte da comissão de Carnaval da agremiação no período de 2015 a 2017.

Inicialmente, a escola da Vila Anastácio iria apresentar na Avenida o tema “O dia em que a Terra parou”, mas no mês passado o presidente Renato Remondini, o Tomate, informou o cancelamento da história.

Na opinião de Silveira, embora o projeto não tenha ido pra Avenida por conta da pandemia da Covid-19, ele deu início a um grande processo de transformação de cunho social dentro da Dragões e cumpriu o seu objetivo.

“O desenvolvimento do departamento social, que foi muito estimulado pelo gancho do enredo, proporcionou que a escola pudesse realizar uma série de ações sociais muito importantes, muito fundamentais, que vão ficar como característica da escola. Uma rede de solidariedade se montou em torno da Dragões a partir dessa motivação do enredo. Mesmo o enredo não tendo sido desfilado, ele cumpriu essa missão, a tarefa social e o legado permanecem junto à escola. Eu me sinto tranquilo em relação ao fato do enredo ter servido a esse propósito e vamos em frente pro próximo capítulo”, relatou o artista.

Projeto de alegoria da Dragões da Real. Foto: Divulgação

Questionado se os desenhos do enredo vão ser divulgados para o público, o artista afirmou que o material será apresentado gradativamente em suas redes sociais.

“Vou fazendo isso aos poucos. Publico sempre no meu blog e no Instagram. As pessoas gostam de acompanhar o projeto e é uma coisa que eu curto fazer também, compartilhar com as pessoas pra todos que se interessam saber como é o processo construtivo do Carnaval”, disse.

Sobre o novo tema para 2022, o carnavalesco revelou que a proposta estava sendo trabalhada desde setembro do ano passado.

“O presidente me procurou e definiu a estratégia da troca do enredo, perguntou se eu tinha elementos que pudessem apresentar como possibilidade de caminhos para um novo enredo e eu apresentei três propostas e dentre elas a proposta escolhida. Foi a que mais encantou a diretoria e também era particularmente a que eu mais gostava. Nós vamos conseguir levar pra Avenida um trabalho que todos nós temos uma forte identificação”, declarou.

Jorge Silveira. Foto: Reprodução/Facebook
Jorge Silveira. Foto: Reprodução/Facebook

Sem revelar muitos detalhes sobre a história, o sambista afirmou que a comunidade pode esperar um “Carnaval único na sua trajetória”.

“Tudo está sendo feito com muito carinho, com muita dedicação e sob o comando do presidente Tomate e da diretoria que está buscando fazer o melhor. É um ano de extrema dificuldade, porque a gente está vivendo ainda um período de muitas incertezas por conta da pandemia, isso obviamente interfere no processo produtivo, mas estamos conseguindo vencer passo a passo as dificuldades. Podem esperar um enredo de forte cunho cultural, que vai nos dar a possibilidade de explorar bastante os aspectos que a escola ainda não teve a oportunidade de explorar na Avenida. Cada vez em que o carnavalesco tem a chance de apresentar o enredo, é uma grande oportunidade de acrescentar uma parcela, um tijolo na história daquela escola. Então me sinto muito feliz com a possibilidade de poder apresentar um enredo meu do jeito que eu sonhei pra Dragões da Real. Acho que a comunidade pode esperar o melhor que nós, vamos oferecer com todo empenho para que a gente possa buscar o melhor possível”, finalizou.

Vale lembrar que a trilha sonora do desfile leva a assinatura de Thiago SP, Léo do Cavaco, Renne Campos, Marcelo Adnet, Darlan Alves, Rodrigo Atração, Alemão do Pandeiro, Wanderley Monteiro, Paulo Senna, André Carvalho e Tigrão.

Leia também:

+ Vai-Vai 2022: qual parceria deve vencer o concurso de samba-enredo?

+ Gaviões da Fiel anuncia saída de Leonardo Catta Preta

+ ‘O samba não acabou nem vai acabar’: ouça o hino da Tucuruvi para o Carnaval 2022

+ Camisa Verde e Branco faz feijoada para comemorar aniversário de 68 anos

Comentários

 




    gl