Independente demite coreógrafo e alega ‘falta de profissionalismo e respeito’

Desfile 2019 da Independente Tricolor. Foto: SRzd – Ana Moura

A diretoria da escola de samba Independente Tricolor divulgou em nota a informação da demissão de seu coreógrafo de comissão de frente, Luiz Romero, nesta sexta-feira (8).

No texto, comunica que, após ter conhecimento das justificativas dos jurados, entregues para as agremiações nesta quinta, identificou conduta do profissional que culminou com seu desligamento. Leia a nota:

“Em resposta a nossa comunidade, após as justificativas serem divulgadas houve uma reunião com os diretores da escola e alguns líderes de departamento. Tivemos o entendimento da grande falta de profissionalismo e respeito a nossa comunidade por parte do responsável pela comissão de frente. A direção da escola pede desculpas para a nossa comunidade e em uma decisão em conjunto comunica o desligamento do responsável pela comissão de frente e toda sua equipe de “trabalho”.

Estamos solidários aos integrantes da comissão de frente, entendemos que foram todos induzidos ao erro e expostos a essa apresentação que culminou com o não acesso da nossa agremiação. Fica aqui o nosso agradecimento por todos os dias e noites de ensaios”.

O tema: “Para sempre vou te amar” foi a aposta da vermelha, preta e branca em 2019.

Plástica de bom nível e organização, marcas da escola desde sua ascensão no Carnaval de São Paulo, foram as credenciais para colocar a tricolor na briga por uma vaga no Especial, que acabou não acontecendo, também pelas notas obtidas justamente no quesito comissão de frente.

+ veja como ficou a classificação final

+ relembre o desfile da Independente

+ galeria de fotos do desfile da Independente

+ vídeo: largada do desfile 2019 da Independente

Comentários




    gl