Gaviões anuncia saída de porta-bandeira principal; segundo mestre-sala também deixa escola

Desfile 2019 da Gaviões. Foto: SRzd – Cláudio L. Costa

A Gaviões da Fiel anunciou nesta quarta-feira (3) a saída da porta-bandeira Adriana Modjian, que defendeu o pavilhão principal por cinco anos consecutivos.

Formada em dança clássica, ela estava na escola desde criança, tendo passado por diversas categorias de hierarquia no quesito, até fazer em 2015, seu primeiro desfile com o pavilhão oficial. No último Carnaval, ao lado de Wagner Araujo, a dupla conquistou a nota máxima dos jurados.

Segundo comunicado da agremiação, a saída de Adriana foi motivada por compromissos profissionais e também por uma série de lesões que ela sofreu e necessita de tratamento. Quem assume o posto é a também prata da casa, Gabriela Mondjian, sobrinha de Adriana.

Outra mudança comunicada pela Gaviões foi a saída do segundo mestre-sala Paulo Lima, o Paulinho, que dançava com Gabriela. Ele deixa a função em razão de compromissos profissionais. Não foi divulgado o nome da dupla que irá bailar com o segundo pavilhão em 2020.

Enredo 2020 será conhecido nesta sexta-feira

Na próxima sexta-feira (5), a partir das 22h, a Gaviões da Fiel apresentará o enredo para sua comunidade, na disputa do Grupo Especial paulistano. O tema será desenvolvido pelos carnavalescos Paulo Barros e Paulo Menezes. O evento contará com a apresentação de todos os segmentos da escola e da coirmã Mocidade Alegre. A entrada é gratuita. A sede social da agremiação fica na Rua Cristina Tomaz, 183, no Bom Retiro.

+ Leia mais detalhes sobre a festa

No Carnaval de 2019, a Gaviões, mesmo estando entre as favoritas ao título do Grupo Especial, ficou com um surpreendente e modesto nono lugar com a reedição do enredo “A Saliva do Santo e o Veneno da Serpente”, apresentado originalmente em 1994. Relembre o desfile.

 

Comentários




    gl