Gabriel Castro ministra workshop de samba na Tom Maior

Gabriel Castro. Foto: Divulgação – Leandro Andrade

A Tom Maior vai receber neste domingo (20), das 11h30 às 13h30, um workshop de samba sob o comando de Gabriel Castro, que é diretor de passistas da Unidos de Vila Isabel e do Império da Tijuca. Ele também é coreógrafo da Imperadores Rubro-Negros e professor/coach de samba para rainhas de bateria e musas do Carnaval do Rio de Janeiro, Florianópolis e São Paulo.

Com mais de trinta premiações no currículo como passista e diretor, Gabriel comandou a ala de passistas do Império Serrano por seis temporadas, por lá, conquistou um Estandarte de Ouro em 2015 e o bicampeonato do Prêmio SRzd nos anos de 2015 e 2016.

Por seu engajamento em favor do segmento e pela criação do projeto “Eu Sambo Assim”, Gabriel recebeu do pesquisador de passistas e colunista do SRzd, Hélio Ricardo Rainho, o apelido de “Reizinho de Madureira”, incorporando o famoso apelido da escola da Serrinha.

Em sua quinta edição, o projeto já contou com mais de 500 alunos nacionais e internacionais, ensinando a arte da dança do samba e promovendo sua história.

“A expectativa é grande. Sou um observador assíduo do Carnaval de São Paulo e do desenvolvimento da dança do samba aqui. O convite partiu dos coordenadores da ala da coirmã Tom Maior e do projeto primo-irmão do nosso, o ‘Sambo Sim’. O Wendel Viegas fez aula comigo no Rio e se encantou. É uma honra dividir e multiplicar conhecimento sempre, especialmente nessa terra que tanto gosto e tenho tantos amigos. Me informaram que as inscrições estão voando e eu estou super ansioso”, disse Gabriel.

A ala de passistas da Tom Maior é liderada por Val Diniz (Diretora), Wendel Viegas (Coordenador Masculino) e Pamela Sabino (Coordenação Artística).

O encontro acontecerá na quadra da agremiação, que fica na Rua Coronel Bento Bicudo, 761 – Piqueri. Os ingressos custam R$ 35. Informações sobre a venda dos convites podem ser obtidas pelo telefone: (11) 98696-7057.

Carnaval 2020

Em 2020 a Tom Maior levará para o Sambódromo do Anhembi o enredo: “É coisa de Preto”, quando será a segunda escola a desfilar na sexta-feira, dia 21 de fevereiro, pelo Grupo Especial paulistano.

A trilha sonora é assinada por Gui Cruz, Rafael Falanga, Vitor Gabriel, Portuga, Imperial, Elias Aracati, Luciano Rosa, Reinaldo Marques, Marçal e Willian Tadeu.

Comentários




    gl