‘É coisa de Preto’ é o enredo da Tom Maior para o Carnaval 2020

Pavilhão da Tom Maior. Foto: SRzd – Claudio L. Costa

Em busca da volta por cima, após amargar a décima segunda colocação do Grupo Especial paulistano em 2019, a Tom Maior definiu seu enredo para o Carnaval 2020.

“É coisa de Preto” é o título do tema que será desenvolvido pelo carnavalesco André Marins, que vai para o seu terceiro ano desempenhando a função na agremiação.

+ Clique aqui para ler a sinopse

O enredo que foi divulgado na noite desta quinta-feira (13), tem como proposta enaltecer a negritude e os esforços de uma raça que participou intensamente da construção da identidade do Brasil, muito além de estereótipos. “Nosso desfile mostrará como os africanos se tornaram afro-brasileiros e contribuíram muito no desenvolvimento de nossa sociedade. São líderes, estudiosos, escritores, poetas, artistas populares e eruditos, transgressores sociais… Personagens que o preconceito insiste em ofuscar de nossa história”, disse André.

Negro é muitos mais do que as pessoas querem colocar na página da história“, disse Judson Salles, que faz parte da comissão de Carnaval.

O título do tema nasceu como uma provocação. “As pessoas se acostumaram a ouvir essa frase com um sentido pejorativo. Mas a Tom Maior vai mostrar que não, que coisa de preto é coisa boa”, disse a presidente Luciana Silva

Explanação do enredo já tem data marcada

Na próxima segunda-feira (17), haverá a explanação do tema para os compositores interessados em participar do concurso de samba-enredo. O encontro está marcado para às 20h, no galpão da escola na Fábrica do Samba, na Avenida Doutor Abrahão Ribeiro, 740, na Várzea da Barra Funda.

+ Carnavalesco da Tom Maior critica julgamento, menciona Joãozinho Trinta e promete desfile ousado em 2020

André Marins. Foto: Claudio L. Costa

Tom Maior já tem dia e hora para desfilar

De acordo com o regulamento do Carnaval 2019, a Tom Maior já tem posição definida para o seu desfile. A agremiação será a segunda a se apresentar na sexta-feira de Carnaval, 21 de fevereiro, no Sambódromo do Anhembi.

Duas mudanças no elenco da escola

Em 2020 a escola liderada por Luciana Silva anunciou duas mudanças em seu elenco: a saída de Robson Bernardino, coreógrafo de comissão de frente, substituído por Alex Darc. Na direção de harmonia, saí Gabriel Ferreira, o Gabiru, e entra Yves Alexeiv, que já exerceu a função de 2014 a 2018.

No mais, foram confirmadas as permanências do intérprete oficial Bruno Ribas, de mestre Carlão, do primeiro casal de mestre-sala e porta-bandeira Jairo e Simone e do carnavalesco André Marins.

+ “Daqui a pouco teremos arquibancadas vazias e um Carnaval só para TV”, diz presidente da Tom Maior

“Penso logo existo – As interrogações do nosso imaginário em busca do inimaginável”, foi o enredo da Tom Maior em 2019, alcançando a 12ª colocação no Grupo Especial. Relembre o desfile.

Comentários




    gl