‘Rock in Rio do samba’: Witzel estuda Carnaval fora de época na Sapucaí em outubro

Wilson Witzel durante desfiles das escolas de samba no Carnaval 2019. Foto: Divulgação

O Carnaval carioca pode durar o dobro do tempo em 2020. O governador Wilson Witzel estuda uma proposta de realizar uma grande folia fora de época no Sambódromo em outubro. A ideia é ter mais quatro dias de festa na Sapucaí, em um evento que reuniria escolas de sambas e blocos do Rio e Nordeste. O ‘Rock in Rio do samba’, como é chamado pelo subsecretário de Eventos da Secretaria Estadual de Cultura e Economia Criativa, Rodrigo Castro, reuniria cerca de 40 mil pessoas e entraria para o calendário oficial da cidade no ano que vem.

“Recebemos proposta para a realização de um grande Carnaval na Sapucaí em outubro. Um espetáculo diferenciado, com a beleza e a energia do Carnaval, mas sem o clima de disputa entre as escolas. Como quero manter o Sambódromo ativo durante todo o ano, estamos estudando essa e também outras propostas”, afirmou Wilson Witzel ao O Globo.

“A ideia é que sejam quatro dias de evento, com escolas de samba do Rio e também blocos de rua do Rio e do Nordeste, provavelmente da Bahia e de Pernambuco. Algo como um Rock in Rio do samba, com público de 40 mil pessoas por dia. Entraria para o calendário de grandes eventos do estado”, completou Rodrigo Castro, subsecretário de Eventos da Secretaria Estadual de Cultura e Economia Criativa.

Wilson Witzel e Viviane Araújo durante desfile do Salgueiro de 2019. Foto: Reprodução

A proposta chegou às mãos de Witzel através da iniciativa privada na última segunda-feira (19). Com o comando do Sambódromo nas mãos do Estado, o governador pretende investir em eventos na passarela durante o ano inteiro. A ideia também engloba que sejam realizadas festas juninas com quadrilhas no meio do ano e especiais de Natal em dezembro.

“Também incluiremos outras manifestações de impacto, como as quadrilhas em época de festas juninas e apresentações de Natal. Assim, o Sambódromo terá intenso uso cultural e passará a impactar na geração de emprego e renda”, disse o secretário estadual de Cultura e Economia Criativa, Ruan Lira.

Além do Carnaval fora de época em outubro, Witzel quer promover pequenos desfiles de escolas de samba na Sapucaí durante todos os sábados para é atrair turistas e fortalecer a festa: “Hoje, só exploramos a propaganda do Carnaval durante o evento oficial. Com o uso do Sambódromo aos sábados, essa propaganda vai durar o ano todo. Vai trazer recursos para o estado”.

Sambódromo da Marquês de Sapucaí pode ganhar mais quatro dias de folia. Foto: Cezar Loureiro/Riotur

Comentários




    gl