Portela 2020: ouça o samba concorrente de Waguinho e cia

Logotipo do enredo da Portela para o Carnaval 2020. Foto: Divulgação

Compositores: Waguinho, Zé Luiz e William

Conta a tradição Tupinambá
Faz a águia desfilar ao Rufo de tambores seculares
Oh terra sem males Reino de Monã
No azul desta manhã
Um paraíso, Aquarela desenhada,
Verde, vida, passarada e o desabrochar da flor
Mas o castigo pelo fogo que consome
Restou simplesmente um homem para soluçar de dor

Ê Ê IRIN MAGÊ! Ê Ê IRIN MAGÊ!
Secou o pranto, foi cumprir sua missão
Entregou seu coração ao amor de uma mulher

Nasce Maíramoana, O Feiticeiro deste lugar
Pra ser adorado e temido no rito Tupinambá

Água de bebê, água de banhar
Onde o Rio Abraça a Bahia, há Guajupiá

Índios: tribos, aldeias, a grande maloca
A taba cheia de “um ser karioca”
De pai para filho a história escorre

Índios: serão aqueles de peito deserto?
Entre a fumaça e o imenso concreto
Nesta cidade que aos poucos morre

Meu Rio
Parece que a natureza diz
A vida segue andando por um fio
Que mal lhe fiz?

Entra na roda Portela auê!
entra na roda Onde mora a razão!
chegou a hora de parar, auê! auê!
o bicho homem d’ ambição

Comentários




    gl