PM interrompe final da Império da Tijuca e escola precisa adiar evento

Presidente Tê anuncia adiamento da final da Império da Tijuca. Foto: Reprodução

A final da Império da Tijuca desta sexta-feira (6) fez muito sambista relembrar tempos de outrora, onde o samba era marginalizado e perseguido por autoridades. Já era madrugada de sábado (7) quando policias militares bateram na quadra da Alegria da Zona Sul, que estava sendo utilizada pela verde e branco, para interromper a festa de escolha do hino da escola para o Carnaval 2020. Sem acordo com a PM, a Império precisou adiar o evento.

O 4º Batalhão da Polícia Militar impediu a continuidade da final por falta do Alvará de Licença que permite o funcionamento da quadra. A sede da Alegria da Zona Sul fica na rua Frei Caneca 211-233 – Catumbi, quase em frente ao barracão de alegorias da Império da Tijuca.

Por volta das 2h30 da madrugada, após conversar bastante com os policiais, Tê, presidente da Império da Tijuca, subiu ao palco da quadra para comunicar aos presentes o adiamento do evento. O dirigente ressaltou a situação chata e pediu desculpas ao público. Ele também afirmou que havia se reunido, antes da final, com a CET-Rio, e que a entidade havia liberado o espaço para utilização.

“Infelizmente, vamos ter que remarcar para outro dia, com portões abertos. Certamente a gente deve fazer (a final) na quadra da Tijuca, devido ao problema que o oficial do dia passou, e interditou o nosso evento aqui, devido à falta de documentação. Eu peço desculpa a todos vocês, aos nossos compositores, às torcidas. A gente tentou vários contatos para podermos reverter esse quadro, mas foi inviável”, disse Tê, que chegou a ouvir dos policias que se não cancelasse a festa, seria levado para delegacia.

A Império da Tijuca informou que em breve anunciará nova data e local da final de samba. A expectativa é que o evento seja na próxima sexta-feira (13), na quadra da Unidos da Tijuca.

Escola não será punida pela Lierj

Com o adiamento da escolha do hino para o Carnaval 2020, a Império da Tijuca não poderá cumprir o prazo da Liga das Escolas de Samba do Rio de Janeiro (Lierj), que estabeleceu que as agremiações da Série A teriam até o dia 9 de setembro para divulgar seu sambas.

A direção de Carnaval da Lierj, contudo, não punirá a agremiação:

“Não haverá punição, pois a direção de Carnaval da Lierj entende o momento difícil que a agremiação está passando, devido ao fato extraordinário que aconteceu durante a final e aguardará que o Império da Tijuca defina seu samba-enredo em data posterior”, informou a liga em nota.

Alegria da Zona Sul se posiciona sobre falta de Alvará

A Império da Tijuca usava a quadra da Alegria da Zona Sul para realizar suas eliminatórias desde o final de julho, quando teve sua quadra no Morro da Formiga interditada. Na ocasião, a justiça acatou a ação do condomínio “Las Palmas”, que pedia o fechamento da quadra por conta do barulho provocado pelos ensaios. Em todo o tempo que a verde e branco utilizou o espaço da coirmã, até a final deste sexta (6), não houve qualquer problema com autoridades.

Via nota oficial, a Alegria da Zona Sul esclareceu a situação envolvendo o Alvará de Licença da sua quadra e afirmou que também já enfrentou problemas com o 4º Batalhão de Polícia Militar.

“Mediante ao ocorrido na noite passada em nossa quadra de ensaios, a Alegria da Zona Sul vem a público se posicionar. Nos mudamos para região central da cidade do Rio recentemente, contudo, estamos em processo de transferência do Alvará de Licença da antiga sede para o nosso atual espaço, sem ter problema algum para realização de eventos no local mesmo estando em tramitação no órgão competente. Externamos, ainda, que há um longo prazo, nos encontramos com diversos problemas perante ao comando do 4° Batalhão de Polícia Militar (BPMERJ), para o acontecimento de quaisquer modalidade realizada em nossa quadra, por questão de quererem o licenciamento definitivo e não aceitando o protocolo de uso até as pontuais questões serem alinhadas.

Sem mais.

Marcus Vinícius de Almeida (presidente).”

Comentários




    gl