‘Não deixe o samba morrer’: verba emergencial é liberada para escolas de samba

Tamborim. Foto: Reprodução/Youtube

A Liga Independente das Verdadeiras Raízes das Escolas de Samba (Livres), responsável pela organização de desfiles realizados na Intendente Magalhães, informou que todas as filiadas inscritas no Programa Emergencial “Não Deixa o Samba Morrer/Carnaval nas Redes” foram habilitadas, conforme publicação feita no Diário Oficial desta quarta-feira (9).

As agremiações GRES UNIDOS DE LUCAS, GRES SIRI DE RAMOS, ARES VIZINHA FALADEIRA, GRES FEITIÇO DO RIO, GRES CHATUBA DE MESQUITA e GRES MENSAGEIROS DA PAZ DE GUAPIMIRIM, cumpriram todas as exigências do Edital do programa e estão aptas para receber verba emergencial destinada à realização de
transmissões ao vivo para divulgação dos seus sambas e enredos para o próximo Carnaval.

A habilitação de todas as escolas de samba que promovem os desfiles populares do Rio de Janeiro demonstra a seriedade no trabalho que tem sido desenvolvido entre os dirigentes da entidade em conjunto com os representantes das agremiações.

Comentários

 




    gl