Musa da Paraíso do Tuiuti conta como se prepara para desfile

Renata Vargas. Foto: Ewerton Pereira

Renata Vargas. Foto: Ewerton Pereira

A carioca Renata Vargas, de 37 anos, já está concentrada no Carnaval para seu posto de musa da Paraíso do Tuiuti deste ano. Há três meses, seus treinos se intensificaram para os preparativos antes de entrar na Avenida.

“Além de musculação e exercícios aeróbicos, faço também o Projeto Aos Passos do Paraíso. É um projeto de samba no pé aberto ao público, coordenado pelo Diretor de Passistas da escola, Alex Coutinho. Além do projeto, faço aulas particulares de samba com diversos profissionais renomados do meio. Busco sempre estar aprimorando a minha dança. Faz parte do meu ‘show’ e sambar é bom demais”, revela Renata, que estreou na Marquês de Sapucaí em 2011, como destaque de carro alegórico na Acadêmicos do Cubango, onde esteve por dois anos.

Sambar é bom demais.

Depois da experiência na Cubango, Renata viveu o Carnaval como espectadora, assistindo aos desfiles na Sapucaí. “Passei a frequentar quadras de escolas de sambas através de dois grandes amigos, Diego Rigor e Vidal Vieira, que também são amantes do samba. E em uma dessas visitas à quadra da Viradouro fui surpreendida por um convite inesperado vindo do próprio presidente da Paraíso do Tuiuti, Renato Thor, para desfilar no Carnaval de 2019 como musa. Nossa, a emoção e alegria que senti naquele momento é algo inexplicável. Desfilar como musa foi e está sendo a realização de um grande sonho, pois venho representando meu Paraíso do Tuiuti pelo segundo ano consecutivo. O Tuiuti é uma grande família onde fui muito bem acolhida”, conta a musa.




A musa e sua comunidade

Renata não é apenas sambista por quatro dias. Ela é figurinha tarimbada na quadra do Tuiuti. “A minha relação com a comunidade vem numa crescente maravilhosa. Gosto de ser bastante presente na escola e isso, consequentemente, faz com que eu me aproxime cada vez mais da comunidade. Acho que minha humildade, carisma, alegria, amor e gratidão por estar representando e defendendo o pavilhão da minha escola são grandes fatores que certamente me ajudarão nessa conquista do público”.







Comentários




    gl